Maringá atua para o crescimento do Parque Industrial

Foto: PMM/REPRODUÇÃO

 

Maringá prepara um novo edital de licitação para venda de terrenos no Parque Industrial Felizardo Meneguetti, próximo ao Aeroporto Regional. O projeto para comercialização de mais 50 lotes será encaminhado em breve para a Diretoria de Licitações e alteração na Lei do Proden para ser votada na Câmara de Vereadores.

 

Para esclarecer aos vereadores sobre os procedimentos de como adquirir um terreno e implantar uma empresa ou indústria, a gerente da SETRAB – Secretaria de Trabalho, Renda e Agricultura Familiar, Andréia Morais, participou na semana passada da sessão no Legislativo. 

 

As empresas recebem benefícios do PRODEM – Programa de Desenvolvimento Econômico de Maringá, da lei 6936/2005-PRODEM/Empresa.

 
Como: 
 
• Entre 60% e 90% de subsídio na aquisição do terreno;
• Isenção do ISS da construção civil;
• Isenção do IPTU por 10 anos;

• Serviço de terraplanagem;

 
Os interessados devem entrar em contato com a SETRAB para preencher um cadastro com informações como a contratação de empregados, investimentos, ramos de atividade, entre outros. Em seguida receberá orientações sobre documentos e procedimentos para participar da licitação. “A licitação de concorrência pública com envelope fechado será aberta assim que os vereadores votarem e aprovarem o projeto”, explicou Andréia Morais.
 

OPERAÇÃO – O Parque Industrial tem 2,5 milhões m², com 386 terrenos. Dos quais,261 lotes foram vendidos para 141 empresas. Dessas, oito já estão operando, sete em fase de construção, 12 aguardando terraplanagem e restante com documentação em trâmite.

 

Entre as atividades dos novos empreendimentos estão agricultura, metais, transportes, frigorífico, usinagem, eletrônicos, estamparia, papelaria, letreiros, luminosos, peças automotivas, comunicação visual, ar-condicionado, embalagens plásticas, entre outros. Há empresas do Paraná, São Paulo, Argentina e China.

 
SERVIÇO SETRAB: