Flores de ipês-roxos são comestíveis, diz gastrônoma

Foto: Ingrid Souza/Maringá Post

Pouco se sabe sobre as flores, folhas, caules e as cascas dos ipês ser comestíveis. Conforme a professora e gastrônoma, Andrea Shima, é possível realizar algumas receitas com as flores.

De acordo com Shima o ipê é considerado (Planc) – Planta alimentícia nutritiva.

“As pessoas não imaginam, mas as flores, folhas e caule dessa planta, são comestíveis. As brancas da Tabebuia roseoalba e as amarelas da Handroanthus e  as da Tabebuia impetigosa, o ipê roxo.” explica a a gastrônoma.

Ela ensina que as flores podem ser consumidas cruas, recheadas , fritas e empanadas. Pode entrar como recheio de tortas e pastéis, infusão para chás. “As flores têm textura suculenta e tem no final um sabor amarguinho. Elas ficam incríveis para recheios, refogadas, abafadas como saladas”.

Importante:

“Para o consumo, elas tem que ser produzidas em sistema agroecológico, ou seja sem agrotóxico e fertilizante. E antes do uso precisam ser higienizadas e retirados os pistilos que contém pólen”. alerta Shima.

*Informações GMC online