Maringá e Instituto Sabin inauguram ludoteca na Vila Morangueira

O programa ′Família Acolhedora′ da Secretaria de Assistência Social (SAS) acaba de ganhar uma ludoteca. O espaço foi inaugurado nesta quarta-feira (29) no Centro Social Urbano (CSU), na Vila Morangueira, e tem como objetivo atender crianças e adolescentes vítimas de violência.
 

A SAS inscreveu o programa ′Família Acolhedora′ no projeto de ludotecas do Instituto Sabin e foi selecionada. O espaço foi doado pelo Instituto e será conduzido pelos profissionais do município que trabalham no acolhimento das crianças e adolescentes.

 
“O Instituto Sabin veio a Maringá e montou a ludoteca, que é uma sala lúdica que a equipe vai utilizar para interagir melhor com as crianças, com os adolescentes e com as famílias que são atendidas pelo serviço ′Família Acolhedora′, buscando sempre promover um atendimento humanizado, digno e acolhedor”, destaca a secretária de Assistência Social, Sandra Regina Jacovós.
 
A ludoteca é composta por diversos materiais pedagógicos como livros, jogos, brinquedos e recursos lúdicos e possui estrutura adequada para a escuta e o acompanhamento terapêutico.
 

FAMÍLIA ACOLHEDORA – O objetivo do programa ′Família Acolhedora′ é garantir a proteção de crianças e adolescentes que foram afastados de suas famílias de origem por medida judicial. Até que a situação legal seja solucionada, as crianças ficam em lares temporários, por um período de até um ano e meio, com as famílias cadastradas no programa.

 
Durante todo o processo, as crianças e as famílias que acolhem recebem acompanhamento dos profissionais da SAS e, agora, também terão a ludoteca à disposição.