Três homens são presos por receptação qualificada em Maringá

receptação

Guarda e Polícia Civil apreendem mais de 50 quilos de fios de cobre e outros materiais em operação contra receptação.
Foto: Divulgação

A Guarda Civil de Maringá e a Polícia Civil realizaram no sábado, 11, uma operação contra receptação. Em um ferro-velho localizado no Parque Itaipu foram encontrados mais de 50 quilos de fios de cobre desencapados e prontos para serem comercializados.

Em outro local, na Avenida 19 de Dezembro, as equipes encontraram outros objetos sem procedência. No endereço foram apreendidos cilindros de gás carbônico, ferramentas e peças de bicicleta, além de um crucifixo que pode ter sido furtado do Cemitério Municipal de Maringá. Três homens foram presos em flagrante por receptação qualificada.

Segundo o secretário de Segurança de Maringá, Ivan Quartaroli, “a Guarda Civil prestou apoio na operação coordenada pela Polícia Civil, que visava identificar receptadores de material furtado, principalmente fiação de cobre e materiais que são levados dos cemitérios da cidade. A operação foi exitosa, houve apreensão de grande quantidade de material de cobre sem origem comprovada e prisão de pessoas”.

De acordo com o delegado-chefe da 9ª Subdivisão Policial (SDP), Adão Rodrigues, a Polícia Civil realizou levantamento dos pontos onde os objetos estavam sendo vendidos.” Alguns são estabelecimentos regulares e outros estabelecimentos informais, que as pessoas fazem essas compras e esse depósito nas suas propriedades. Foi uma ação muito importante para a cidade, para tentarmos coibir esses furtos que vêm acontecendo em locais públicos”, destaca.

Ele acrescenta também que a aquisição de materiais de origem ilícita na atividade comercial – seja ela formal ou informal – é passível de autuação e prisão em flagrante no caso por receptação qualificada.

A Polícia Civil informou que dará continuidade à operação nas próximas semanas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.