Maringá prepara instalação de energia fotovoltaica no Aeroporto

O aeroporto de Maringá prepara a instalação de painéis de energia fotovoltaica para trocar o sistema de energia elétrica no local. O que proporcionará uma economia de aproximadamente 80% dos R$ 100 mil, em media, que são pagos da conta de luz mensalmente no aeroporto mensalmente. O sistema deve ser instalado até o final do ano.

O superintendente do Aeroporto, Fernando Rezende, informa que o projeto já está pronto. Em seguida será a análise sobre orçamento, a captação recursos no Banco Regional de Desenvolvimento (BRDE) e a abertura de licitação para contratar empresa para as obras. Os painéis de energia fotovoltaica serão instalados próximos da Seção de Contra Incêndio (SCI). A energia sustentável será usada na iluminação do local, ar-condicionado, balizamentos, equipamentos, entre outros.
 
Essa é uma das melhorias no Aeroporto visando ampliar os serviços e oportunidades de negócios para empresas locais. Já foi feita uma reforma e ampliação da pista, instalação de uma base da Polícia Federal e de equipamentos. E em breve o Terminal de Passageiros será ampliado, terá a instalação do sistema de pouso Instrument Landing System (ILS), a criação de um terminal de cargas, entre outras obras e melhorias.
 

No mês de maio, foi assinado na Expoingá, um acordo com o BRDE, sobre projetos que relacionam economia, sustentabilidade e segurança. Um dos primeiros projetos com energia fotovoltaica na gestão Ulisses Maia foi a instalação de 64 postes com placas de nomes de ruas e avenidas.

 

LUZ – A Secretaria de Infraestrutura (SeInfra) informa que já foram trocadas 8,6 mil lâmpadas por toda a cidade. As lâmpadas comuns com consumo maior foram substituídas por lâmpadas de led que economizam, iluminam melhor e duram mais. Foram instaladas iluminação com led em 12 espaços públicos como praças e parques, além de ruas e avenidas por toda cidade. Outros 20 locais públicos devem receber iluminação com led até o final do ano. Além de 30 escolas e creches.

 

Outras medidas sustentáveis implantadas  foram a digitalização de serviços eliminando processos de papel, o asfalto ecológico implantado na rua Joubert de Carvalho no mês passado e em breve para outras vias da cidade, entre outras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.