Maringá registra crescimento expressivo no setor da educação

Em Maringá, as empresas de educação e ensino registraram crescimento de 83% em 2021, de acordo com o faturamento no período em relação ao ano anterior. É o que mostra a arrecadação do Imposto Sobre Serviços (ISS). Apesar das dificuldades enfrentadas em 2020, quando o setor registrou leve queda de 1%, a retomada econômica ocorreu de forma acentuada no ano passado com arrecadação de R$ 26,7 milhões contra R$ 14,5 milhões no período anterior.

 
Os resultados na área reforçam como a retomada econômica ocorreu em Maringá. Mesmo com os desafios enfrentados no início de 2020 com o retorno gradual das atividades presenciais, o setor demonstrou força e não apenas se recuperou da leve queda em 2020, como registrou resultados.
 
A arrecadação no setor de educação se refere aos segmentos como pré-escola, ensinos básico, médio e superior, até cursos de formação. O montante é maior no ensino superior.
 
Maringá é um centro importante de ensino na região e muitos estudantes, professores e famílias de outras cidades e até mesmo estados se mudam para o município para estudar. O setor movimenta a geração de negócios na construção civil, setor imobiliário, bares, restaurantes, postos de combustíveis e livrarias, entre outros.
 
“A educação é fundamental para a formação humana e técnica e contribui para a formação de um rico capital social. Precisamos de trabalhadores qualificados para ocupar bons empregos e manter os níveis de qualidade de vida e perpetuar nossa cidade como a melhor do Brasil para viver”, afirma o secretário de Fazenda, Orlando Chiqueto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.