Maringá recicla mais do que a média nacional

Maringá recicla 7% do total de resíduos coletados, e está acima da média nacional, que é de aproximadamente 2%.
 
Maringá saiu desses 2% nos últimos cinco anos, e atualmente trabalha para ampliar o índice atual de 7%. A coleta seletiva já atende 100% da cidade.
 
Além de contribuir com a preservação do meio ambiente, o incentivo à separação correta dos resíduos também contribui para a geração de renda de cerca de 100 famílias. Elas atuam em quatro cooperativas de reciclagem e trabalham no processo de tratamento e separação dos materiais recicláveis.
 
“Neste Dia Internacional da Reciclagem, Maringá tem conquistas importantes para comemorar e muitas metas. Com os nossos projetos e a participação da comunidade, podemos ampliar ainda mais o percentual de reciclagem na cidade”, afirma o secretário de Limpeza Urbana, Paulo Gustavo Ribas.
 
Uma das ações da gestão municipal, dentro do Projeto Maringá Recicla, é a distribuição de sacos de lixo verdes em casas e condomínios.
 
A população deve separar os recicláveis dos orgânicos e colocar os materiais em frente de casa no dia em que a coleta seletiva passa no bairro. Os sacos de recicláveis devem ficar embaixo ou ao lado das lixeiras, para diferenciar do lixo orgânico. Confira aqui a programação da coleta seletiva nos bairros.
 
Além da coleta seletiva, a cidade possui diversos pontos espalhados pela cidade para recolhimento de recicláveis e outros resíduos como lixo eletrônico, medicamentos, esponjas e outros. São locais próprios onde a população pode fazer o descarte consciente e correto dos materiais. Acesse aqui o mapa interativo e confira os pontos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.