Cerca de 30 gatos são resgatados em casa de Maringá

Cerca de 30 gatos serão resgatados e castrados em uma única casa no Parque Itaipu. Em seguida, serão encaminhados para a adoção.
Foto: Aldemir de Moraes / PMM

Nesta segunda-feira, 16, a Secretaria de Proteção e Bem-Estar Animal inicia o resgate e castração de cerca de 30 gatos de uma única casa no Parque Itaipu. Depois do atendimento veterinário, os animais estarão disponíveis para adoção. A ação começou após pedidos da própria família da tutora e de vizinhos, por meio da Ouvidoria Municipal.

Na casa, a moradora tinha inicialmente três gatos. Sem o controle por meio da castração, o número de animais aumentou e chegou a quase 30. A tutora morreu recentemente e os vizinhos e a própria filha dela solicitaram apoio da secretaria para que os animais fossem resgatados.

Além do resgate, os gatos serão atendidos nas clínicas conveniadas ao município e castrados por meio do programa gratuito de castração da prefeitura.

Após o procedimento, os animais serão encaminhados para parceiros do projeto PetLar Solidário. Atualmente, a cidade tem 11 lares cadastrados no programa e que oferecem lar temporário, de forma voluntária, aos animais resgatados. Além disso, a secretaria vai organizar uma feira de adoção para que os gatos possam encontrar um novo lar.

Em Maringá, desde 2017, com o início do projeto de castração gratuita da gestão municipal, a cidade já realizou quase 27 mil procedimentos. Desde então, também foram realizadas cerca de 130 feiras de adoção e 1.235 animais conseguiram um novo lar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.