Ala pediátrica do Hospital Universitário de Maringá está superlotada

O Hospital Universitário (HU) de Maringá publicou uma nota em que confirma a superlotação dos leitos pediátricos. A nota foi postada na página oficial do hospital nesta terça-feira, 9, e segundo a direção da unidade se deve principalmente ao aumento de síndromes respiratórias agravadas em crianças.
 
Leia a nota na íntegra: “Devido ao aumento da incidência de patologias em pacientes pediátricos e do número de crianças internadas com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) nas emergências pediátricas de toda a Macrorregião Noroeste, o Hospital Universitario Regional de Maringá (HUM) encontra-se, nas últimas semanas, trabalhando com a ocupação acima de sua capacidade máxima nos internamentos pediátricos, tanto em leitos de UTI como enfermaria. Todas as equipes profissionais do serviço estão mobilizadas para garantir que os pacientes sigam recebendo o melhor suporte possível. Nenhum paciente deixará de ser atendido”.
 
O problema também afeta unidades de saúde privadas e municipais de Maringá.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.