Dirley Ricci, empresário dos ramos de locação e imóveis recebe prêmio de Empresário do Ano nesta sexta-feira

Imagem: divulgação

Dirley Ricci recebe nesta sexta-feira (08), o prêmio de Empresário do Ano, concedido pela Acim, Sivamar, Apras e Fiep. A cerimônia acontecerá às 20h no Moinho Vermelho, e deve ter a participação de aproximadamente 500 pessoas. 

Ricci foi escolhido por uma comissão no final do ano passado, após ter seu nome indicado por diversas entidades que participaram da primeira fase do processo de eleição. 

O empresário é o 22° ganhador do prêmio. Em 1993, o maringaense abriu a Ricci Locadora, que na época continha apenas 12 carros. Em 2013, a Ricci Locadora era a maior locadora de carros da região sul, e uma das dez maiores do Brasil.

“Começamos atendendo balcão e contrato de longo prazo. Em pouco mais de seis meses passamos a atender só longo prazo e nosso capital de giro se transformou em 20 carros. Fomos conquistando clientes porque a concorrência era ruim. As grandes redes tinham serviço bom e preço altíssimo. Outros concorrentes tinham serviço ruim e preço bom. Entramos com serviço e preço bons”, lembra o empresário sobre o início do negócio. “Hoje a maior base de clientes é de motoristas de aplicativos. O Uber é um dos maiores parceiros comerciais da Unidas. Outra mudança que impactou o setor foi a substituição da posse pelo uso. Muitos clientes estão deixando de comprar para ter carro locado ou por assinatura”, conta.

Ele explica que foram vários desafios durante sua trajetória, principalmente com toda a regulamentação tributária brasileira, assim como o ambiente de negócios não tão propício do país. Mas Ricci não enxerga os desafios como barreiras, e sim como obstáculos. 

“A palavra é transpor, os obstáculos você transpõe, passa por cima e segue a vida, as barreiras te obrigam a parar.” 

Em 2016, a empresa concluiu a mais importante fusão até então, com a Locamérica, quando chegou à Bolsa de Valores. Em seguida, a nova companhia adquiriu a Unidas, tornando-se a segunda maior locadora de carros e a primeira em locação de frotas da América Latina, com frota de 190 mil veículos. 

Atualmente a Unidas conta com 4,5 mil colaboradores, mais de 400 pontos de atendimento, é uma das 50 marcas mais valiosas do Brasil e a 25ª melhor empresa para se trabalhar, segundo ranking GPTW, e desde o ano passado faz parte do IBOV da B3. 

Ricci, que deseja ser uma inspiração para novos empreendedores, afirma que quanto maior o preparo para uma batalha, maior a possibilidade de êxito, por isso o aperfeiçoamento e o estude são muito importantes. “O preço da falta de conhecimento é muito alto”.

Além de ser diretor executivo de Gestão de Ativos e membro do Conselho de Administração da Unidas, Ricci é sócio da Mafip Propriedades, especializada na locação de imóveis comerciais na região de Maringá, e da LBX, construtora focada em imóveis residenciais de baixa e média rendas.

“Sempre fui reservado. Confesso que meus olhos encheram de lágrimas quando soube que meu nome foi eleito Empresário do Ano”. Para Dirley, essa homenagem representa reconhecimento dos mais de 30 anos de trabalho. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.