Segundo especialista, momento é favorável para quem busca oportunidade de estágio

O momento é favorável para quem busca uma oportunidade de estágio. A grande oferta de vagas nas mais diferentes áreas, a mudança no papel do estagiário dentro das empresas, e a importância da experiência para o ingresso em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, são alguns dos fatores que contribuem para esse cenário positivo.

Fernando Linschoten é diretor-presidente da ABRE – Emprego e Estágio e afirma que o setor está em franca recuperação, após um período turbulento atravessado por causa da pandemia do novo coronavírus.

No ponto mais crítico de casos de Covid-19, quase 50% dos estagiários foram desligados das empresas onde trabalhavam. Porém, as vagas já começaram a ser reabertas há algum tempo. O que existe, hoje, inclusive, é uma grande quantidade de vagas aguardando estudantes cadastrados para o preenchimento desses postos”, relata.

De acordo com o ele, a substituição da aula presencial pela online durante boa parte da pandemia refletiu diretamente no interesse dos estudantes pelos estágios. “Aquele aluno que mudou de cidade para estudar e precisava de um estágio até mesmo para ter uma renda e se manter, retornou para a casa dos pais. Com isso as empresas reagiram mais rapidamente do que os estudantes, possibilitando uma facilidade maior dos estudantes antenados que voltaram a estudar e se inscreveram para o estágio”.

E é exatamente esse cenário de menor concorrência que torna o momento oportuno para os estudantes se colorarem nas empresas e aproveitarem o estágio para desenvolvimento e aumento da empregabilidade após conclusão do curso. “O aluno tem muitas opções para escolher e com certeza encontrará aquela que mais tem a ver com as suas pretensões. Quem souber aproveitar, vai se sobressair”, completa.

Novas funções

Outro ponto positivo para os que desejam estagiar é que já ficou para traz o tempo em que o estagiário era simplesmente visto como uma alternativa de mão de obra de baixo custo. Também faz parte do passado, a visão de que estagiar é sinônimo de ocupar uma função monótona e de pouca relevância na empresa.

Atualmente, o estagiário é acompanhado de perto e tem um papel estratégico dentro das organizações, onde pode mostrar serviço, exercer funções interessantes e importantes para as metas estabelecidas e, principalmente, pode ganhar oportunidades de emprego no futuro”, frisa Linschoten.

Cartão de visitas para um emprego

É de olho no ingresso no mercado de trabalho que o estágio faz toda a diferença. E um dos motivos para isso é bem simples e está revelado nas estatísticas: os jovens são os que mais têm dificuldade para conquistar um trabalho.

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho e Previdência, mostram que no terceiro trimestre deste ano, a taxa de desocupação de jovens com idades entre 14 e 17 anos ficou em 40,4%. A desocupação de pessoas de 18 a 24 anos chegou a 27,7%.

Já segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada no fim de novembro, o desemprego entre os jovens de 18 a 24 anos ficou em 25,7% no terceiro trimestre de 2021. “Trata-se do dobro da média geral, que considera toda a população, e que está em 12,6%”, frisa o economista João Ricardo Tonin.

Portanto, os especialistas não têm dúvida que a qualificação e a experiência garantidas pelo estágio surgem como grande diferencial para os profissionais mais novos.

Para o diretor-presidente da ABRE, Fernando Linschoten, o jovem que aproveita o período de estudos para se dedicar a estágios desenvolve habilidades muito mais interessantes (e que serão notadas pelo mercado posteriormente) em comparação a um estudante que permaneceu apenas nas salas de aula.

A diferença é enorme. Uma pessoa que sai da universidade, da finalização de um curso, sem nunca ter feito estágio não tem relevância nenhuma no mercado. As pessoas compreendem que essa pessoa não teve o menor esforço em se aprimorar, em ter conhecimento prático em relação ao curso”, considera.

Sobre a ABRE – Emprego e Estágio

A ABRE – Emprego e Estágio é uma empresa com atuação diretamente voltada para o setor de Recursos Humanos, atuando em processos de contratação de estagiários e efetivos.

Para saber mais sobre a empresa ou buscar oportunidades de estágio acesse www.portalabre.com.br.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *