Conselho Universitário da UEM confirma posição contra a Lei Geral das Universidades

conselho universitário

Em deliberação na tarde desta terla-feira, 13, o Conselho Universitário (COU) da Universidade Estadual de Maringá (UEM) manteve-se oficialmente contra o projeto de lei (PL) estadual 728/21 de autoria do governo, que prevê a Lei Geral das Universidades (LGU). A discussão da comunidade acadêmica sobre o assunto teve início há uma semana.

O Projeto de Lei da LGU, que tramita em regime de urgência na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) e que estava previsto para ser votado ontem, foi retirado da pauta. Todas as informações sobre a LGU estão sendo publicadas em uma página especial que a UEM colocou na internet e pode ser acessada por este LINK.

Ao mesmo tempo em que a sessão plenária ocorria em Curitiba-PR, no Auditório da Biblioteca Central (BCE) da UEM em Maringá, o vice-reitor Ricardo Dias Silva abria a reunião do Conselho Universitário lendo um documento que atesta posicionamento contrário ao PL, assinado no último dia 10 pelo reitor, Julio César Damasceno, que esteve ontem na capital para entregá-lo ao deputado estadual Ademar Traiano, presidente da Assembleia Legislativa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *