Maringá, mais uma vez, é a cidade do interior que mais gerou empregos no mês, segundo o Caged

empregos

Maringá foi pelo quarto mês consecutivo a cidade que mais gerou empregos no interior do Paraná. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados pelos Ministério do Trabalho mostra que q cidade teve um saldo de 1.064 empregos gerados no mês de outubro. A cidade ficou atrás apenas da capital que teve 3.645 empregos e a frante de cidades como Londrina (959), Foz do Iguaçu (745), Cascavel (563) e Toledo (482).

Em Maringá, dentre os setores de maior destaque na geração de empregos está o de serviços com saldo de 676, seguido do comércio, 277 e da construção 64. O Paraná teve um saldo de 176.570 vagas, e é o quarto estado brasileiro que mais gerou empregos em 2021. À frente do Paraná, estão apenas São Paulo (812.484), Minas Gerais (300.660) e Santa Catarina (187.147). O acumulado leva em consideração as vagas formais abertas entre janeiro e outubro.

“O Paraná se aproxima do fim do ano mostrando uma recuperação econômica exemplar após a pandemia, com os setores de comércio e serviços se fortalecendo a cada mês. Essa é a prova de que o nosso Estado une forças para criar a melhor política pública de desenvolvimento que existe, que é a geração de emprego e renda”, celebrou o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

Somente no mês de outubro, o saldo registrado foi de 15.747 vagas. É o sexto do País em números absolutos, ficando atrás de São Paulo (76.952), Minas Gerais (21.327), Rio de Janeiro (19.703), Rio Grande do Sul (19.478) e Santa Catarina (17.713). 

A alta no mês foi puxada pelos setores de serviços, com saldo de 6.800 vagas, e de comércio, com 5.171 vagas. Na sequência, estão a indústria (3.723) e os setores de agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura (219). O único setor em baixa no período foi o de construção civil, com saldo negativo de 166 vagas.

Dados nacionais
Assim como no Paraná, o emprego formal cresceu no Brasil pelo décimo mês consecutivo. Segundo o Caged, o saldo do mês de outubro em todo o País foi de 253.083 vagas. Já o acumulado dos dez meses do ano chega a 2.645.974 vagas.

Nos últimos 12 meses, o saldo ficou positivo em 2.862.988 empregos, variação de +1,36%. Assim como no acumulado do ano, os últimos 12 meses tiveram crescimento maior do que no período anterior. Em 2018, o saldo tinha ficado positivo em 286.121 vagas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *