Empresários estão otimistas com expectativas de vendas para Natal

O fim de ano sempre cria muitas expectativas para o desenvolvimento do comércio. O mês de dezembro costuma ser o período em que comerciantes têm maior oportunidade de vendas.

Esse não foi o caso do ano passado, no entanto. Com a pandemia do coronavírus, o movimento das lojas físicas diminuiu, ao mesmo tempo que as compras online tiveram um aumento.

No ano de 2021, por outro lado, há uma esperança de melhora. As medidas de restrição estão um pouco mais moderadas, o que possibilita maior movimentação de consumidores nas lojas. Isso foi por causa do avanço da vacinação e a melhora nos números da pandemia. Além disso, os consumidores atualmente se sentem mais seguros para ir às compras.

Uma pesquisa foi divulgada pela FACIAP (Federação da Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná) e ACIM (Associação Comercial e Empresarial de Maringá). Os resultados revelam que as vendas deste fim de ano têm tudo para ser motivo de comemoração. Como resultado, lojistas e empresários estão com grandes expectativas de vendas para esse final de ano.

Quando se trata do Natal, a pesquisa aponta que, no estado do Paraná, a expectativa é de crescimento de 14% nas vendas.

Estímulo na economia maringaense

O pagamento do décimo terceiro salário é outro fator favorável para a economia no final de ano. A estimativa é que traga R$ 406 milhões para a economia maringaense entre trabalhadores formais e ativos. Esse valor é 6% superior ao ano de 2020.

Segundo os dados do Caged, 156,6 mil trabalhadores em Maringá têm carteira assinada e receberão benefícios com a renda adicional.

É uma oportunidade de lucros, mas também de alívio, enquanto se tenta deixar a crise para trás.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *