Polícia prende Van Dame, jovem suspeito de vários crimes graves na região de Maringá

Está nas mãos da polícia em Maringá, Lincoln Van Dame Pereira, de 23 anos. A prisão se deu após um confronto com policiais do Serviço Reservado do 4º Batalhão de Polícia Militar (BPM), nesta terça-feira, 16, na zona rural do município de Paiçandu. Com ele, a polícia localizou uma pistola calibre 9 milímetros, joias, relógios, dinheiro e drogas. Os produtos segundo a PM, são de procedência duvidosa.

A suspeita é de que tenham sido roubadas ou furtadas de residências em toda a região. A quadrilha que Van Dame fazia parte estava com uma caminhonete furtada dias atrás em Maringá. O veículo já estava com as placas trocadas. Durante a tentativa de abordagem na zona rural, o suspeito teria sacado a pistola e acabou baleado pelos policiais. Ele foi socorrido pelo Siate até o Hospital Universitário de Maringá e depois seria encaminhado a uma unidade prisional.

Ele está fora de perigo. Van Dame é o principal suspeito de ter planejado a execução de Henrique Valemtim, vulgo “Pestinha”, no Hospital Metropolitano de Sarandi. O homicídio ocorreu no mês de agosto. Ele sempre negou a acusação. Além disso, ele seria um dos principais integrantes de uma quadrilha envolvida em vários outros crimes. A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia da Denarc, onde o delegado Leandro Roque Munin, realizou a lavratura do flagrante.

As investigações continuam. Policiais Civis e militares de Sarandi e Maringá, vinham monitorando o bando há algumas semanas. Ao longo dos últimos dias, ao menos três pessoas foram presas envolvidas com o grupo. Existe a possibilidade de nas próximas horas, outros suspeitos ligados ao bando, serem presos. A arma apreendida com o bando, será encaminhada para a perícia, onde será realizado o confronto balístico. A polícia acredita, que usando essa pistola, Van Dame e outros integrantes da quadrilha, teriam praticado assassinatos em Sarandi e Paiçandu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *