13° terceiro deve injetar R$ 406 milhões na economia de Maringá, prevê o Codem

13°

O pagamento do 13º salário, tão aguardado pelos trabalhadores e pelos comerciantes, deve trazer incremento de R$ 406 milhões à economia de Maringá, isso levando em consideração apenas os trabalhadores do mercado formal e ativos – a conta não leva em consideração os aposentados e pensionistas.

O valor é 6% superior a 2020. Atualmente, segundo o Caged, Maringá possui 156,6 mil trabalhadores com carteira assinada que serão beneficiados com o rendimento adicional. Em média, cada trabalhador receberá R$ 2.539,61.
Comércio e serviços respondem por 74% dos empregos formais e 78% do total de 13° injetado na economia. Os dados são do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem).

A economista do Codem, Juliana Franco, calcula que entre outubro e dezembro serão gerados 250 empregos temporários em Maringá, número superior aos 187 do final de 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *