Curso aborda obras sobre cultura, política, economia e biografias de Maringá

de Maringá

A história de Maringá está registrada em dezenas de livros, mas, em quais deles confiar como documentos verdadeiros, caso a pessoa precise, por exemplo, elaborar uma pesquisa para um trabalho universitário?

Esta é uma dúvida que será esclarecida no curso “História da Historiografia Maringaense: 100 obras essenciais”, que será ministrado entre os dias 22 e 26 de novembro pelo historiador João Laércio Lopes Leal, titular do Patrimônio Histórico e Cultural da Secretaria de Cultura e apontado como pessoa que melhor conhece a história de Maringá.

Lopes Leal, que já publicou 12 livros relacionados à história local, está à frente do Patrimônio Histórico desde a criação, há 36 anos.

Ele cita que entre os 100 trabalhos selecionados, estão temas como cultura, política, economia, biografias, entre tantos outros. São obras escritas por autores especialistas como jornalista e escritor. Mas também por outros segmentos, inclusive uma publicação feita por um médico. Todos os materiais apresentados no curso estão à disposição para consulta pública no acervo da Secretaria de Cultura, no Teatro Calil Haddad.

A historiografia é o registro escrito da história. No caso, publicações como Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), monografia, jornal, revista, livro, tese, dissertação, entre outros. O curso terá a dinâmica de abordar 20 obras por dia, sendo 6 minutos apresentando cada obra com os seguintes aspectos: perfil do autor, conteúdo da obra, contexto da criação e a repercussão da publicação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *