Maringá, mais uma vez, lidera o saldo de empregos gerados no interior do Paraná

Agência do Trabalhador de Maringá

Balanço divulgado pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho mostra que Maringá, mais uma vez, é a cidade do interior do Paraná com maior número de geração de empregos. Os dados são referentes ao mês de setembro e foram atualizados nesta terça-feira, 26.

A cidade teve um saldo de 1.014 vagas no mês passado. Foram 7.669 admissões e 6.655 desligamentos. O setor de serviços foi o que teve, novamente, o melhor saldo. Foram 602 empregos gerados. Já o comércio teve um saldo de 344 contratações a mais, enquanto que a construção civil 53 e a indústria 19. O setor de agronegócios foi o único a apresentar saldo negativo de quatro vagas.

Paraná
O Paraná completou o nono mês consecutivo com saldo positivo na criação de empregos com carteira assinada. Segundo o Caged, o Estado abriu 15.059 vagas formais em setembro. Em 2021, o saldo acumulado no Estado é de 168.597 contratações, o quarto melhor desempenho do País, atrás apenas de São Paulo (786.628), Minas Gerais (290.082) e Santa Catarina (176.789).

Dentre as principais cidades do Paraná, Curitiba liderou a abertura de postos de trabalho formais em setembro, com um saldo de 2.911 vagas. Depois de Maringá, aparecem: Londrina (886), Foz do Iguaçu (719), Cascavel (676), São José dos Pinhais (562), Toledo (424), Francisco Beltrão 403, Fazenda Rio Grande (399), Colombo (398) e Guarapuava (397).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *