Temporal causa estragos em Maringá e várias cidades da região

7 de outubro de 2021
Teto do ginásio Abelhão em Mandaguaçu veio abaixo/ Foto - Leonardo Filho

O temporal acompanhado de chuva de granizo que atingiu Maringá e região na madrugada desta quinta-feira, 7, causou muitos prejuízos. Em Maringá, o balanço da Defesa Civil indica que foram 71 quedas de árvores sendo que 16 atingiram residências e cinco veículos. Houve também a necessidade de distribuição de lonas para 59 casas.

Os bairros mais afetados foram os da zona norte de Maringá e o distrito de Iguatemi. Segundo a Copel, 10 mil domicílios ficaram sem energia elétrica. Ao menos 17 postes e vários padrões vieram abaixo com a queda de árvores e galhos de grande porte. As equipes da Companhia trabalham para restabelecer o fornecimento.

Na região, uma das cidades mais afetadas foi Mandaguaçu. O Ginásio de Esportes Abelhão – construído em 1988 – ficou completamente destruído. Segundo a prefeitura, por causa do excesso de granizo que caiu sobre o telhado, a estrutura não suportou o peso e caiu. Aproximadamente 100 árvores caíram na cidade.

Em Paiçandu, mais de 5.600 doses de vacinas – a maioria de Covid 19 – precisarão ficar um período em quarentena para avaliação da 15ª Regional de Saúde (RS) por causa da queda de energia em vários postos de saúde. A vacinação em 1ª dose foi suspensa no município que aguarda a chegada de novas vacinas.

Previsão
Segundo o Simepar, a previsão para os próximos dias é de chuva e queda na temperatura, principalmente no fim de semana. Os termômetros devem marcar entre 16ºC e no máximo 25ºC.

Fotos – Defesa Civil