Floriano faz audiência pública para discutir a ampliação de seu perímetro urbano

30 de setembro de 2021
Floriano
Área central do distrito de Floriano Divulgação

Acontece nesta sexta-feira, 1º. de outubro, a partir das 19 horas no Centro Esportivo do distrito de Floriano, uma audiência pública para discutir a ampliação do perímetro urbano de Floriano, com autorização para novos loteamentos e áreas para instalação de novos estabelecimentos comerciais.

A audiência é organizada pela prefeitura de Maringá e coordenada pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Maringá (Ipplam) e será aberta a todos interessados, principalmente moradores do distrito. Para possibilitar que todos possam acompanhar, a audiência será transmitida pela plataforma Zoom e pelo YouTube.

Na sessão desta quinta-feira da Câmara Municipal, o vereador Belino Bravin (PP), representante do distrito, citou que hoje o desenvolvimento de Floriano está limitado porque o pequeno perímetro urbano está cercado por áreas rurais.

Segundo o vereador, há mais de 20 anos ele luta pela ampliação da área urbana porque muitas pessoas de Maringá pensam em se mudar para Floriano, mas não podem porque não há como abrir loteamentos, empresas não podem se instalar no distrito por falta de espaço.

De acordo com Bravin, até a prefeitura não consegue instalar escola e creche porque não há terreno disponível na área urbana. Ele pediu o apoio de todos os vereadores para que o perímetro urbano do distrito seja ampliado.

De acordo com a arquiteta Bruna Barroca, diretora do Ipplam, a ampliação do perímetro urbano, seguida de boas políticas públicas, dá melhores condições de moradia para a população, considerando água, esgoto, energia elétrica, coleta de lixo, escolas, postos de saúde, entre outros serviços fundamentais na sociedade.

Por meio da audiência, segundo Barroca, a comunidade poderá colaborar opinando e dando sugestões. Essa ampliação precisa estar no Plano Diretor de Maringá, que também é debatido em audiências públicas.