Justiça determina que prefeitura de Maringá conceda reajuste na tarifa do transporte coletivo

27 de setembro de 2021
Prefeitura tem até 10 dias para conceder o reajuste da tarifa / PMM

Decisão da Justiça determina que a prefeitura de Maringá, conceda o reajuste das passagens para a empresa Transporte Coletivo Cidade Canção (TCCC). A liminar é do juiz Nicola Frascati Junior, da 2ª Vara da Fazenda Pública de Maringá, e foi publicada no sábado, 25. De acordo com a decisão, a prefeitura tem 10 dias para conceder o reajuste da tarifa.

O último reajuste foi autorizado pela prefeitura em junho de 2019 em meio a muita polêmica. Os valores cobrados são de R$ 4,30 para quem faz uso do cartão Passe Fácil e de R$ 4,50 avulso. Em junho deste ano, a empresa solicitou à prefeitura um reajuste para R$ 5,75.

O município informou que não autorizou o reajuste em razão da pandemia. Agora, com a decisão, a prefeitura informa que o cálculo percentual está em análise pelas equipes técnicas da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob). Um dos embasamentos da decisão é a obrigação que o município tem em cumprir o contrato com a empresa.