Operação da polícia e prefeitura acaba com festas clandestinas na cidade

19 de setembro de 2021
Foto - Aldemir de Moraes/PMM

A Prefeitura de Maringá participou na noite deste sábado, 18, da Operação Sossego, coordenada pela Polícia Militar. A ação verificou locais denunciados pela comunidade por perturbação do sossego e outros que eram mapeados sendo pontos de festas clandestinas.

Uma dessas foi flagrada na avenida Reitor Rodolfo Purpur, com centenas de pessoas e dezenas de veículos. Foi montada uma blitz de trânsito no cruzamento com a avenida Horácio Racanello e a ação seguiu ainda durante a madrugada. Carros e motocicletas em situações irregulares foram apreendidos. Alguns proprietários abandonaram seus veículos e foram embora a pé para evitar passar pela blitz.

A Operação Sossego também passou pelas avenidas Dr. Luiz Teixeira Mendes, Senador Petrônio Portela, Herval, Mauá, Juscelino Kubitschek, entre outras vias que são motivos de denúncias da população por bagunça, perturbação do sossego, aglomeração de pessoas, consumo de drogas, entre outras situações, inclusive de madrugada.

Em diferentes pontos foram encontrados muito lixo e garrafas quebradas deixadas pelos jovens nas aglomerações. “Tivemos uma boa ação hoje, flagrando situações irregulares e atendendo as demandas das denúncias que a polícia e a prefeitura recebem”, avaliou o tenente da PM, Caio Henrique dos Santos, que orientou as dispersões de pessoas e a blitz de trânsito.

Também participaram da ação integrada as secretarias de Mobilidade Urbana, de Meio Ambiente, de Fazenda, a Vigilância Sanitária, a Guarda Civil Municipal e a Siacom. Foi mais uma ação integrada em Maringá com resultados positivos visando o bem-estar da comunidade. Um balanço da Operação Sossego será divulgado na manhã da próxima segunda-feira (20).