Presidente do Clube do Vovô é homenageado pela Câmara de Maringá

9 de setembro de 2021
Clube do Vovô
Nilton Dias recebe a homenagem do vice-prefeito Edson Scabora e o vereador Belino Bravin Foto: CMM

O empresário Nilton Dias, presidente do Clube do Vovô, foi homenageado com o Brasão do Município de Maringá, uma comenda outorgada pela Câmara Municipal a pessoas que contribuem para fazer uma cidade melhor.

Dias recebeu a homenagem na manhã desta quinta-feira, durante a sessão do Legislativo, quando o vereador Belino Bravin (PSD), autor da proposta, explicou que “poucas pessoas sabem, mas Nilton Dias realiza um grande trabalho social”.

Segundo Bravin, além de proporcionar atividade, diversão e integração às pessoas da terceira idade que comparecem ao clube para dançar, o Clube do Vovô é uma verdadeira entidade assistencial, que ajuda idosos em situação de vulnerabilidade com cestas básicas, levando pessoas para atendimento médico e até mesmo conseguindo remédios.

Nilton Dias disse que a homenagem é extensiva a todos que ajudam a fazer o Clube do Vovô, como seus familiares, funcionários e pessoas que contribuem com o bem-estar dos idosos, inclusive com doações.

Clube do Vovô
Nilton Dias disse que a homenagem é extensiva a todos que ajudam a melhorar a vida das pessoas idosas Foto: PMM

Dias lembrou que os ambientes que fazem bailes estão passando dificuldades para não poderem ter atividades desde o início da pandemia da covid-19. Além do Clube do Vovô, também a Associação da Terceira Idade de Maringá (Apetim) e o Clube Atlântico, que não conseguem nem mesmo recursos para as despesas básicas, como a manutenção de funcionários, aluguel, energia elétrica.

 

A volta dos bailes

O vereador Belino Bravin, que alguns dias atrás pediu ao prefeito Ulisses Maia (PSD) autorização para que os bailões reiniciem suas atividades, procurou o prefeito para tratar do mesmo assunto nesta semana. Ele diz que é possível que em outubro ou novembro os bailões possam voltar a funcionar, principalmente os da terceira idade, já que os idosos que os freqüentam já foram vacinados com a primeira e segunda doses da vacina contra a covid-19.