Trabalhador morre sufocado e outro fica ferido em silo de milho de cooperativa

28 de julho de 2021
silo
Trabalhador resgatado com ferimentos foi transportado por hospital de Maringá no serviço aéreo do Samu Foto: Divulgação

O trabalhador Alex Casado Dias, de 41 anos, morreu sufocado em um silo de milho em uma cooperativa na cidade de Floresta, na manhã desta quarta-feira, e seu colega de trabalho Gean Carlos Andrade, de 24 anos, teve parte do corpo também coberta pelos grãos e foi internado em situação que inspira cuidados médicos. Jean foi transportado de helicóptero do serviço aeromédico do Samu para o hospital.

As circunstâncias do acidente estão sendo apuradas pela polícia, mas a princípio sabe-se que quatro homens trabalham no silo de milho quando um deles desequilibrou-se e acabou caindo no ponto em que a carga de milho era despejada. O outro teria tentado salvar o companheiro e ambos foram cobertos pelos grãos. Alex Dias teve todo o corpo coberto e morreu devido ao peso dos grãos, além de não poder respirar.

A brigada de acidentes da cooperativa, formada por trabalhadores treinados para este tipo de situação, agiu imediatamente, mas não conseguiu salvar Alex devido à grande quantidade de grãos sobre seu corpo.

silo
O resgate foi dificultado pela grande quantidade de milho no silo Foto: Divulgação

O Samu e o Siate de Maringá foram acionados imediatamente e se juntaram à brigada da cooperativa, mas havia grande dificuldade para remover tanto o trabalhador que estava parcialmente coberto quando o que ficou no fundo do silo, pois, à medida em que era feita a retirada do milho, outra grande quantidade de grãos descia para o interior do silo.