Diferentes do ‘normal’ e com menos alunos, escolas reiniciam o funcionamento em Maringá

28 de julho de 2021
escolas reiniciam
Apenas metade da capacidade de cada sala é ocupada neste retorno às aulas em Maringá

As escolas municipais e os Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) de Maringá voltaram a funcionar um ano e quatro meses depois do início da pandemia de coronavírus que suspenderam aulas praticamente no mundo inteiro. Em Maringá, as escolas reiniciam muito diferentes e a previsão da Secretaria de Educação é de que modificações irão acontecendo de acordo com as necessidades.

Os alunos, muitos entrando em uma escola pela primeira vez, encontraram salas bem mais vazias do que o normal e regras que não eram normais até que as escolas fossem fechadas, como a de não beber água no bebedouro e nem freqüentar o refeitório. Agora o lanche é levado na carteira e quem quiser água encherá sua própria garrafinha, indo uma pessoa de cada vez à torneira. E a integração entre crianças é mais no olhar, porque os professores não permitem a formação dos famosos grupinhos.

Em Maringá, um levantamento da Secretaria de Educação apontou que 75% das famílias com alunos matriculados na rede municipal optaram pelo ensino presencial e 25% por seguir com as atividades em casa. No formato presencial, de forma escalonada, os alunos são divididos em duas turmas semanais. Um grupo tem aulas presenciais na escola, enquanto outra turma recebe atividades para fazer em casa.

escolas
Já na chegada os alunos fazem a higienização das mãos e recebem instruções sobre o que devem e o que não devem fazer

A distribuição dos alunos foi feita de acordo com o tamanho das salas. A média normal é de 25 alunos e a determinação é ocupar no máximo 50% da capacidade dos espaços. As aulas serão das 7h30 às 11h30 e haverá oficinas para o quinto ano na parte da tarde. Serão atividades relacionadas ao turno integral.

As aulas retornarão também nas escolas onde o município tem vagas compradas para crianças de 0 a 3 anos. As escolas reiniciam diferentes também entre os estabelecimentos particulares.