Maringá investe R$ 1,5 milhão na compra de testes rápidos de antígeno para coronavírus e RT-PCR

Por: - 21 de julho de 2021
testes
A licitação já está aberta para a aquisição de 62 mil testes Foto: Aldemir de Moraes

Estão sendo comprados pela prefeitura de Maringá 62 mil testes rápidos para a detecção da covid-19. Do total, 59 mil são testes de detecção por Antígeno Viral, destinados para pessoas com sintomas leves e em que o resultado fica pronto em até 40 minutos. Outros três mil testes são RT-PCR voltados para pessoas com sintomas graves.

Nesta quarta-feira foi anunciado que a licitação para a compra já está aberta e que a prefeitura fará um investimento de R$ 1,5 milhão. Os dois exames são aprovados pelo Ministério da Saúde.

O secretário de Saúde, Marcelo Puzzi, explica que o Antígeno é mais eficaz para a triagem e rastreamento das pessoas com sintomas e para aquelas que tiveram contato com pessoas positivadas. “Os testes são importantes para definir o diagnóstico do paciente e se ele vai ficar no hospital ou em isolamento” diz o secretário Marcelo Puzzi. Neste ano, a Prefeitura de Maringá também investiu outros R$ 825.200 na aquisição de 15 mil testes (3 mil PCR e 12 mil Antígeno).

O secretário reforça que o município tem duas unidades exclusivas para atendimento de pessoas com sintomas de covid-19. A UPA Quebec, para pacientes com sintomas leves, e a UPA Zona Sul, que atende pacientes com sintomas graves. “As pessoas devem procuram as unidades somente se tiverem sintomas ou contato recente com positivados. Com isso, evitam se expor em locais com alto índice de carga viral como as unidades de saúde”, orienta.

 

Serviço

UPA QUEBEC | Rua Professora Letícia da Paula Molinari – Jardim Quebec

Pacientes com sintomas leves:

– Dor de cabeça

– Dores musculares pelo corpo

– Saturação maior que 94%

– Febre

UPA ZONA SUL | Avenida Nildo Ribeiro da Rocha, 865

– Pacientes com sintomas mais graves

– Todos os sintomas leves

– Falta de ar

– Saturação menor que 94%

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.