Prefeitura quer participação da população para manter a cidade limpa

Por: - 1 de julho de 2021
cidade limpa
Imagem ilustrativa

A primeira ação para uma cidade limpa começa com o serviço de recolhimento de volumosos sempre que alguém solicitar pelo WhatsApp

Em Maringá não há mais motivo para se descartar nas calçadas, proximidades de caçambas ou terrenos baldios objetos que se tornaram incômodo, como sofás velhos, geladeiras que não funcionam mais, entulho, pneus, móveis velhos, entre outros. A partir da próxima segunda-feira, dia 5, a cidade contará com uma Central de Atendimento para Descarte de Volumosos, que funcionará por meio do WhatsApp.

O serviço faz parte do projeto Maringá Cidade Limpa, Dever de Todos, lançado nesta quarta-feira pela prefeitura, em solenidade que contou com presenças como a do arcebispo metropolitano dom Severino Clasen, do presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá, Wilson Matos Filho, vereadores, secretários municipais e de representantes de vários setores.

O prefeito Ulisses Maia (PSD) explicou que o projeto para diminuir o descarte irregular de lixo prevê algumas ações do município e a mobilização da sociedade. A Central de Atendimento é o primeiro passo.

cidade limpa
exemplo de volumosos acumulados na área urbana

“Reestruturamos nossa equipe e temos servidores comprometidos. O grande desafio é o lixo descartado irregularmente. Precisamos da mobilização da sociedade para evoluirmos”, afirmou Ulisses. “A gestão avançou destinar uma secretaria exclusivamente para a zeladoria urbana”, afirmou o secretário de Limpeza Urbana, Paulo Gustavo Ribas.

A prefeitura de Maringá investiu em novos veículos como os tratores Giro Zero, que realizam o serviço de roçada equivalente a 20 servidores e diminuem o tempo gasto, além de caminhões doados pela Polícia Civil.

O delegado Adão Rodrigues, da 9ª. Subdivisão Policial de Maringá (SDP), ressaltou a importância do momento e lembrou que o veículo doado à prefeitura estava apreendido e que agora terá utilidade para a sociedade.

Cidade Limpa
O prefeito Ulisses Maia quer uma mobilização para motivar o público a participar

O prefeito Ulisses Maia destacou a importância de toda a comunidade e instituições se empenharem para que haja uma mudança de hábitos para se ter uma cidade realmente limpa. E isso não começa pelo limpar e sim pelo não sujar.

A prefeitura vai intensificar a fiscalização no descarte de volumosos, com participação da Limpeza Urbana, Secretaria do Meio Ambiente, Guarda Municipal, Mobilidade Urbana e Polícia Ambiental. O objetivo é diminuir o descarte irregular por toda cidade. Serão utilizadas câmeras de trânsito na fiscalização, colocando em prática o conceito de cidade inteligente.

Para o arcebispo de Maringá, Dom Severino Clasen, o empenho do setor público e a sociedade civil organizada é fundamental para manter a cidade cuidada. “De mãos dadas com o poder que educa, limpa e fiscaliza, podemos trabalhar para ser referência em todo o Brasil”, afirmou, opinião compartilhada pelo pastor Tiago Gomes, também participante da sociedade.

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.