Prefeitura de Maringá tem o secretariado mais feminino da história

24 de junho de 2021
secretariado
Na foto, o prefeito Ulisses Maia com algumas das mulheres que estão no primeiro escalão da administração

Quando Camile Faccin e Erica Magalhães forem empossadas como novas secretárias municipais, a administração Ulisses Maia (PSD) terá o primeiro escalão mais feminino da história da prefeitura de Maringá e possivelmente um dos que mais tenha mulheres ente todas as prefeituras do Paraná. Elas serão quase um terço do secretariado e já são maioria nas demais funções gratificadas, inclusive com algumas ocupando funções que sempre estiveram a cargos de homens.

O prefeito definiu Camille Faccin, que já está à frente da secretaria de Compliance e Controle, criada na atual gestão, e a engenheira civil Erica Magalhães para a Secretaria de Obras Públicas.

Com as mudanças, as mulheres passam a integrar 9 dos 29 cargos de primeiro escalão de Maringá. E mais que isso, dos 1074 cargos de chefia da prefeitura, elas ocupam 679 (63,2%) e os homens, 395 (36,8%). O prefeito Ulisses Maia garante que tem o compromisso de promover a equidade e igualdade na gestão pública.

“Definimos secretários e secretárias pelo perfil técnico associado à postura pessoal e ética de cada pessoa. O mérito é todo das mulheres por dominarem os cargos de liderança na prefeitura”, diz o prefeito.

A secretária de Políticas Públicas para Mulheres, Terezinha Pereira, é uma entusiasta da política municipal voltada às mulheres.

“Ulisses Maia faz história ao se destacar como prefeito que valoriza as mulheres. Ele assumiu publicamente o compromisso de aumentar o índice de servidoras em cargos de chefia e realçar o talento feminino. E vem cumprindo sua palavra. É um grande avanço e um exemplo para toda a sociedade e para o setor privado, onde a presença feminina ainda deixa a desejar tanto em cargos de chefia quanto na remuneração”, reflete a secretária.

Ulisses Maia lembra que as mulheres têm participação importante na história da cidade. Ele cita que tudo começou com a primeira professora do município, Dirce Aguiar Maia, e que hoje elas ocupam espaços importantes em toda sociedade. “A UEM é a segunda instituição de ensino no mundo com mais cientistas do sexo feminino atuando. Temos vereadoras, mulheres na presidência de entidades, empreendedoras, artistas, escritoras, enfim, acredito que não é o ideal, mas Maringá tem valorizado nossas mulheres”, enfatiza.

 

Mudanças

A nomeação de novos secretários se deve a vários fatores. No caso do Compliance, o cargo ainda não havia sido ocupado. Camille Faccin era superintendente da pasta. Erica Magalhães, que é diretora de Convênios do Aeroporto, será a primeira mulher na história de Maringá a assumir a Secretaria de Obras Públicas. Albari de Medeiros, atual secretário, vai assumir um cargo no Paranacidade. Estevão Palmieri assume a Secretaria de Urbanismo e Habitação para que a atual gestora, Bruna Barroca, possa se dedicar exclusivamente ao Instituto de Pesquisa e Planejamento (Ipplam).