Evento na Cúria Metropolitana nesta quinta destaca os migrantes e refugiados

Por: - 16 de junho de 2021
migrantes e refugiados
Maringá tem sido muito procurada por migrantes de diferentes origens, desde o início da cidade

A 36ª. Semana Nacional do Migrante será lembrada nesta quinta-feira em Maringá com a colocação de bandeiras de vários países de onde vieram migrantes e refugiados que hoje vivem em Maringá e a palavra do arcebispo dom frei Severino Clasen, com a presença de voluntários e migrantes que residem em Maringá.

O evento é organizado pela Cáritas Maringá, por meio da Comissão de Migração e Refúgio e começa às 14 horas em espaço externo da Cúria Metropolitana de Maringá, na esquina das avenidas Tiradentes e Duque de Caxias, próximo à Catedral. Todos os presentes deverão respeitar as medidas de prevenção ao coronavírus, como usar máscara facial e evitar aglomerações. No local haverá álcool em gel à disposição.

A Cáritas fará uma instalação com bandeiras de 47 países e territórios, que foram selecionadas a fim de representar as nações de origem dos migrantes e refugiados que vivem na região e já foram assistidos pela Cáritas – que presta assistência jurídica e aconselhamento técnico, além de oferecer aulas de português àqueles mais vulnerabilizados pela mobilidade humana.

As ações sensibilizadoras fazem alusão à 36ª Semana Nacional do Migrante, uma iniciativa da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Sociotransformadora da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e do Serviço Pastoral dos Migrantes (SPM) celebrada de 13 a 20 de junho com o tema “Migração e Diálogo: Quem bate à nossa porta?”.

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.