O que abre e o que não abre em Maringá neste final de semana

11 de junho de 2021
o que abre, Ilustração Abre-Fecha, aberto-fechado

Com um novo decreto municipal de enfrentamento da emergência em saúde pública, decorrenta da pandemia de covid-19, em vigor em Maringá até o próximo dia 21, bares, restaurantes e outros estabelecimentos não poderão funcionar normalmente neste domingo, porém poderão atender por sistemas como delivery e drive thru, que não terá o cliente dentro do estabelecimento. A prefeitura definiu o que abre e o que não abre neste final de semana e deixou claro que não será admtido clientes em filas ou aglomerados na porta do estabelecimento.

A prefeitura de Maringá tem enfatizado que a fiscalização será rígida, com os agentes do Grupo de Gestão Integrada podendo multar e interditar temporariamente estabelecimentos que descumpram o que estabelece o Decreto 1170/2021 publicado pela Prefeitura de Maringá, em vigor desde a manhã desta sexta-feira, 11.

O Toque de Recolher será entre 21 e 5 horas, diariamente.

Fica proibida a comercialização e o consumo de bebidas alcoólicas em espaços de uso público ou coletivo e quaisquer estabelecimentos comerciais.

O não cumprimento da medida pode gerar multas para consumidores e empresas.

*Sábado, 12 de Junho

O que pode funcionar*

  • Supermercados, mercados, mercearias, quitandas, açougues, padarias e peixarias. Autorizados até 20h. Proibido consumo no local e a venda de bebidas alcoólicas geladas.
  • Permitido drive-thru até as 21h e delivery até as 23h: bares, restaurantes, lanchonetes, food trucks, sorveterias, pizzarias, petiscarias, lojas de vendas de açaí, carrinhos de lanches e similares.
  • Floriculturas na modalidade delivery e/ou drive-thru.
  • Pet-shops na modalidade delivery e/ou drive-thru, somente para vendas de alimentos e medicamentos.
  • Feira Livre e do produtor até as 13h.
  • Farmácias.
  • Distribuidora de água e gás.
  • Postos de combustíveis, com exceção das lojas de conveniência.
  • Clínicas médicas e veterinária somente para atendimento de urgência e emergência.
  • Laboratório de análises clínicas, radiologia e congêneres.
  • Indústrias.
  • Telecomunicações e Tecnologia da Informação para casos emergenciais.
  • Processamento de dados ligados a serviços essenciais.
  • Segurança privada.
  • Transporte e entrega de cargas de produtos essenciais.
  • Serviços de manutenção, assistência de automotores terrestres ou bicicletas, com atendimento somente de emergência.

*Domingo, 13 de junho

O que pode funcionar*

  • Permitido drive-thru até as 21h e delivery até as 23h: bares, restaurantes, lanchonetes, food trucks, sorveterias, pizzarias, petiscarias, lojas de açaí, carrinhos de lanches e similares.
  •  Mercados, padarias, açougues e similares apenas por delivery até as 23h
  • Farmácias.
  • Distribuidoras de água e gás.
  • Clínicas médicas e veterinárias somente para atendimento de urgência e emergência
  • Segurança privada.
  • Postos de combustível (exceto lojas de conveniência).
  • Prestação de serviço de natureza emergencial.