Maringá faz arrastão para castrar 3,2 mil cães e gatos sem raça definida

Por: - 4 de junho de 2021
Castração de cães
A prefeitura quer vacinar uma média de 50 animais por dia Foto: Aldemir de Moraes Pardal/PMM

Com cerca de 5 mil pedidos represados desde o início da pandemia de coronavírus, a Secretaria de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal de Maringá realiza neste mês um arrastão de castração de cães e gatos. Até agosto devem ser castrados cerca de 3,2 mil animais.

O trabalho está em andamento há dois meses, mas primeiro a diretoria de Bem-Estar Animal realizou a etapa administrativa, com a análise de todos os cadastros e o contato com as pessoas que fizeram as solicitações mais antigas.

“Após realizarmos este trabalho, oportunizamos que todas as clínicas entrassem em contato com as pessoas cadastradas para ver se ainda tinham interesse. Muitos pedidos foram cancelados e cirurgias foram agendadas”, explica o diretor de Bem-Estar Animal, Ivan Zakaluk.

Após a finalização da primeira etapa do Mutirão, restaram cerca de 3.200 pedidos abertos. Zakaluk frisa que o município conversou com as sete clínicas que têm convênio com a prefeitura.

“Solicitamos um esforço no sentido de diminuirmos ainda mais este número”, reforça o diretor. Ele comenta que as sete clínicas, juntas, têm condições de realizar cerca de 50 castrações por dia.

Na próxima semana, as clínicas farão contato com as pessoas que fizeram as solicitações para agendar as cirurgias. O objetivo é normalizar a fila de pedidos até meados de agosto.

O município castra apenas animais sem raça definida. Novas castrações vão ficar suspensas até a conclusão do mutirão. Informações podem ser obtidas pelo número 3901-1885.

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.