Hossokawa fala de sua ligação com o governador Jaime Lerner

27 de maio de 2021
Jaime Lerner e Mário Hossokawa
Em 1994, Mário Hossokawa (de camisa escura) ao lado do então candidato a governador Jaime Lerner

O presidente da Câmara de Vereadores de Maringá, Mário Hossokawa (PP), foi um dos primeiros políticos maringaenses a se manifestar sobre a morte do ex-governador Jaime Lerner, ocorrido na manhã desta quinta-feira. Hossokawa fala de uma amizade que perdura desde a década de 1990.

Hossokawa diz que foi muito próximo a Lerner e aliado político. “Ele era uma pessoa de quem eu fui muito próximo, até porque eu ocupei um cargo na Secretaria de Meio Ambiente quando ele se elegeu governador do Paraná pela primeira vez”.

Lerner e Hossokawa, uma amizade desde 1994

 

Na época, quando Hossokawa ainda era iniciante na política, mas era voz influente na colônia japonesa de Maringá, Lerner foi à casa dele durante a campanha vencedora de 1994 para pedir que o maringaense se tornasse um aliado.

“Eu me sinto muito triste, porque foi uma pessoa que fez muito para o Estado do Paraná. Curitiba é o que é hoje graças ao governo Jaime Lerner. Ele transformou aquela cidade, uma referência na questão ambiental. O sistema de transporte de Curitiba, um dos melhores que eu conheço, foi implantado quando ele foi prefeito”.

O presidente da Câmara de Vereadores de Maringá fala de outras realizações de Jaime Lerner, tanto como governador quanto como prefeito de Curitiba, como a implantação do Jardim Botânico, Ópera de Arame, Pedreira Paulo Leminski, Universidade Livre do Meio Ambiente.

“Eu quero externar os meus profundos sentimentos a todos os familiares, apesar de que a esposa, dona Fani, de quem eu tinha grande aproximação também, já se foi faz tempo. A todos os familiares e amigos de Jaime Lerner, os meus profundos sentimentos”, diz Hossokawa.