Média de vacinação em Maringá é superior à nacional e à estadual

19 de maio de 2021
Vacinação do público em geral
A vacinação por faixa etária vai acontecer sem prejudicar o trabalho que já era feito com os grupos prioritários Foto: Geraldo Bubniak/AEN

A exemplo do ritmo de vacinação no Estado do Paraná, também em Maringá mais de 20% dos moradores com mais de 18 anos já receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19. A média de vacinação em Maringá é uma das mais altas entre os municípios brasileiros.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, em quatro meses de campanha de vacinação, chegou à marca de 91.182l pessoas beneficiadas.

A proporção de vacinados em Maringá é superior à do Paraná (18,8%) e do Brasil (18,7%).

 

Rumo aos 100 mil

 

O prefeito Ulisses Maia acredita que até o próximo final de semana o município atingirá a marca de 100 mil pessoas. “Sabemos que não é o ideal, mas é o que é possível ser feito neste momento. Continuamos a luta para trazer mais vacinas”, comenta o prefeito.

 

O secretário de Saúde, Marcelo Puzzi, reforça que o município segue o plano de imunização do Governo Estadual e Governo Federal e que a vacinação está em sua terceira etapa. A campanha de vacinação contra a covid-19 começou dia 19 de janeiro em Maringá.

A Secretaria de Saúde recebeu 107.883 doses de vacinas para aplicação da 1ª dose e 56.793 vacinas para a 2ª dose, entre imunizantes da Coronavac, Astrazeneca e agora também da Pfizer.

O público que foi vacinado até agora em Maringá é formado por idosos e trabalhadores de instituição de longa permanência; trabalhadores da saúde; maiores de 60 anos; pessoas com comorbidades; gestantes e puérperas com comorbidade; trabalhadores de força de segurança e salvamento. A média de vacinação aumenta na medida em que novos grupos começam a ser imunizados.

Pessoas com comorbidades, grávidas, puérperas e trabalhadores de grupos como educação básica, saúde e segurança, continuam sendo vacinados.