Ato no Parque do Ingá denuncia o preconceito ao sexo e à orientação sexual

15 de maio de 2021
Manifestações semelhantes acontece também em outros países

O Dia Internacional Contra a Homofobia reúne neste domingo em Maringá a comunidade de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Travestis e Transexuais (LGBT), além de simpatizantes e entidades para denunciar o preconceito ao sexo, à orientação sexual ou identidade de gênero.

A manifestação acontece entre as 10 e 12 horas ao lado do Parque do Ingá, próximo ao Supermercado Muffato Gourmet. Serão cumpridas as normas sanitárias de prevenção ao coronavirus e quem pretende estar presente deve usar máscara facial.

O evento vai mostrar que o Brasil é o país onde mais ocorrem crimes contra gays, lésbicas e travestis. Casos de agressão e morte ocorridos em Maringá e no Paraná serão destacados

“Será um ato em memória das vítimas que morreram e em homenagem às que sobreviveram às agressões”, diz Hebert Vilela, membro da Comissão de Diversidade Sexual e Gênero da subseção de Maringá da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e um dos organizadores do evento.

Embora em Maringá e em várias outras de todo o mundo, os atos ocorrem neste domingo, o Dia Internacional Contra a Homofobia é o dia 17 de maio, segunda-feira.

A data se refere ao dia em que a Organização Mundial de Saúde (OMS) retirou a homossexualidade do Código Internacional de Doenças (CID), em 1990, e marca o início da militância.