Prefeitura de Maringá vai usar retentor de folhas nas bocas-de-lobo

O equipamento vai reduzir um problema crônico provocado pela arborização nos períodos de queda de folhas

Por: - 7 de maio de 2021
O retentor de folhas e lixo foi testado com sucesso

A prefeitura de Maringá vai usar um dispositivo capaz de reter folhas e lixo que geralmente entopem as bocas-de-lobo, principalmente nos períodos de quedas de folhas da arborização da cidade. O retentor de folhas, que ganhou o nome Retentor de Impurezas de Águas Pluviais (RIAP), foi desenvolvido em Maringá e testado com sucesso.

O equipamento foi desenvolvido por uma equipe interna da Secretaria de Infraestrutura, que construiu um protótipo que foi testado nesta quinta-feira. A conclusão é de que ele pode ser a solução para um antigo problema que Maringá enfrenta pelo fato de ser uma das cidades mais arborizadas do Brasil.

A ideia é fabricar mais unidades do retentor para instalação nos bueiros da cidade, facilitar a limpeza, diminuir entupimentos de galerias e prevenir alagamentos. A cidade possui mais de 100 mil bocas de lobo (ou bueiros).

Desde o início da gestão, o secretário da pasta, Carlos Henrique Cardozo, constatou a necessidade de buscar uma solução para dar mais agilidade à limpeza das bocas de lobo. A superintendente e supervisora do projeto, Maria Ligia Guedes, conta que a missão foi entregue a uma profissional, Marilda Cristina Scarsi, formada em Gestão Ambiental e pós-graduanda em Educação Ambiental e Sustentabilidade.

Marilda explica que pesquisou iniciativas de prefeituras que possuem vários tipos de retentores de bocas de lobo. “A partir dos nossos estudos, concluímos que era necessário criar um protótipo que se encaixasse nas necessidades do município, já que nossos bueiros não têm um padrão e Maringá tem características específicas como o fato de ser bastante arborizada”, frisa.

 

O modelo foi criado para ser introduzido dentro das galerias pluviais, permanecendo no chão.

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.