Maringá aguarda chegada de novas doses para retomar vacinação contra Covid-19

Por: - 23 de abril de 2021
Doses
Novas doses das vacinas CoronaVac e AztraZeneca devem chegar em Maringá entre esta sexta-feira (23/4) e sábado (24/4) / AEN

A Secretaria de Saúde de Maringá informou que não haverá vacinação contra a Covid-19 neste sábado (24/4). De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, nova remessa de vacinas deve chegar entre esta sexta (23/4) e sábado. A expectativa é retomar a campanha no domingo (25/4).

A Prefeitura de Maringá afirmou que estratégia da vacinação será divulgada assim que o número exato de vacinas destinadas para a cidade for confirmado.

A 15ª Regional de Saúde informou que vai receber 15.975 doses. São 13.035 aplicações da AstraZeneca, destinadas para primeira dose, e 2.940 da CoronaVac para aplicação da segunda dose. De acordo com a regional, 6.655 doses do imunizante da AstraZeneca serão destinadas para Maringá.

Novo lote com doses da vacina já está no Paraná

O Governo do Estado começou a distribuir nesta sexta-feira (23/4) para as 22 Regionais de Saúde do Paraná mais 205.130 unidades do imunizante contra a Covid-19. Os imunizantes integram o 14º lote encaminhado pelo Ministério da Saúde na quinta-feira (22/4), composto por 166.000 doses da Covishield, produzida pela Universidade de Oxford/AstraZeneca/Fiocruz, e 39.130 unidades da CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan/Sinovac.

Pela estratificação da nova remessa, o Estado dará prosseguimento na vacinação dos grupos prioritários elencados no Plano Estadual de Vacinação. São 149.459 primeiras doses (72% do total) e 35.149 segundas doses, além da reserva técnica indicada pelo Ministério.

As doses da AstraZeneca estão indicadas para aplicação em idosos de 60 a 64 anos, correspondentes a 26% do público estimado – são 149.393 vacinas. É parte de um lote de 2.808.000 de imunizantes Covishield que será distribuído pelo Ministério da Saúde.

As vacinas do Butantan estão divididas em 62 primeiras vacinas para forças de segurança pública e salvamento (incluindo as Forças Armadas), 4.780 segundas unidades para trabalhadores da segurança pública/salvamento/Forças Armadas e 34.350 segundas doses para idosos de 65 a 69 anos, referentes aos reforços das remessas 11 e 12. É parte de um lote de 700.000 imunizantes a ser distribuído para todo o País.