Vereadora propõe divulgação da lista de vacinados contra a Covid-19 em Maringá

Por: - 3 de fevereiro de 2021
Vacinação contra a Covid-19
Proposta prevê a divulgação de informações das pessoas vacinadas no portal da transparência / Geraldo Bubniak / AEN

Projeto de lei de autoria da vereadora Professora Ana Lúcia (PDT) prevê a divulgação, no portal da transparência, da lista de vacinados contra a Covid-19 em Maringá. O texto será analisado em regime de urgência na sessão desta quinta-feira (4/2). O objetivo da proposta, segundo a vereadora, é evitar casos de ‘fura-fila’ da vacina. 

Além do nome, a proposta determina que a lista tenha informações como sexo, data de nascimento e número do cartão do SUS da pessoa vacinada. Também devem ser divulgados a data de aplicação das doses, o nome do profissional responsável pela aplicação e dados do imunizante como laboratório fabricante e o lote. 

A relação também deve indicar o registro do estabelecimento de saúde onde foi aplicada a vacina no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde e o grupo prioritário a que a pessoa vacinada pertence. Veja aqui a íntegra projeto de lei.  

A vereadora explicou que o objetivo do projeto é evitar a ação dos chamados ‘fura-filas’, pessoas que não fazem parte dos grupos prioritários e são vacinados. “A divulgação vai permitir que, se houver esse tipo de ação em Maringá, a situação seja imediatamente corrigida e que os servidores públicos responsáveis sejam afastados e que haja punição para o cidadão que tenha cometido essa arbitrariedade.”

Para ela, a proposta torna a campanha de vacinação mais transparente. “A ideia é informar a população como está o andamento da vacinação. Dos 430 mil moradores de Maringá, dizer quantos foram vacinados, mas ir além do número, mostrar quem são eles. Acho fundamental como forma de prestar contas para a sociedade”, disse a vereadora. 

Em Maringá, o “Vacinômetro”, desenvolvido pela prefeitura para divulgar o andamento da campanha de vacinação, aponta que 988 pessoas foram vacinadas contra o coronavírus na terça-feira (2/2). Desde o início da campanha, 8.999 pessoas receberam a primeira dose do imunizante. A expectativa da Secretaria de Saúde é vacinar 1,5 mil trabalhadores de saúde entre terça e quarta-feira (3/2).

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.