Governo firma parceria com a UniCesumar para oferta de educação profissional na rede estadual

Por: - 28 de janeiro de 2021
Cursos presenciais serão ministrados em oito municípios / Hedeson Alves / Arquivo SEED

O Governo do Paraná firmou parceria com a Universidade Cesumar (UniCesumar), por meio de licitação, para oferta de 1.020 vagas em cursos de educação profissional na rede estadual em formato EAD (ensino a distância) e presencial. As vagas serão oferecidas em caráter concomitante, quando o aluno estuda em colégios da rede estadual e cursa a modalidade profissional técnica no contraturno.

O projeto também irá arcar com transporte e alimentação no contraturno. Os cursos presenciais serão ministrados em oito municípios: Araucária, Curitiba, Foz do Iguaçu, Jaguariaíva, Londrina, Maringá, Paranaguá, Pinhais e Pato Branco.

A Secretaria de Educação e do Esporte (Seed-PR) não informou a lista de cursos que serão oferecidos. A pasta reforça que além desta ampliação com a parceria, a atual oferta de cursos profissionais da rede estadual será mantida.

O investimento de R$ 9,7 milhões é proveniente da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), do Governo Federal. O valor investido na modalidade é parte de um fundo ligado ao MEC (Ministério da Educação) por meio da Setec, ou seja, é um investimento do Governo Federal.

O recurso é destinado apenas para ser investido em Educação Profissional Técnica e estava parado desde 2017. Para que não fosse perdido, a Seed-PR abriu processo licitatório no ano passado para fazer uso desses recursos e, assim, ampliar a modalidade.

A empresa vencedora da licitação precisa ter autorização da Setec, além de capacidade técnica e operacional no Estado do Paraná, pois, mesmo na modalidade EaD, pelo menos 20% do curso precisa ser presencial.

Com informações da Agência de Notícias do Paraná.

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.