Estácio oferece cursos livres com preço acessível em várias áreas para fazer agora

Por: - 17 de janeiro de 2021
Estácio oferece cursos livres em diversas áreas / Divulgação

Até o dia 9 de fevereiro, a Estácio vai apoiar as pessoas que querem atualizar os currículos, para ficar mais preparado e competitivo no mercado de trabalho. São milhares de opções de Cursos Livres online selecionados para proporcionar novos aprendizados e oportunidades.

Os cursos livres têm curta duração e foco em diversos assuntos, como empreendedorismo, gestão, saúde, direito, marketing, vendas, tecnologia, entre outros.

Os preços são bem populares e podem ser pagos por meio de parcelamento no cartão. Todos os inscritos têm 30% de descontos e a instituição emitirá certificado no final de cada curso.

Entre as opções destacam-se: “Prospectando Clientes: Como Aumentar sua Carteira”; “Introdução ao Universo das Cervejas Artesanais”; “As Redes Sociais como Canais de Venda”; “Marketing Pessoal no Facebook”; “Atendimento ao Público, Encantando o Cliente”; “Como me Tornar um Intraempreendedor”; “Como Precificar seus Produtos e Serviços”; “Como ser um Vendedor de Sucesso”; “Autoprodução, Estilo Pessoal”; “Criando Perfil Profissional no Linkedin”; “Fotografia Profissional com o Celular”; “Produção Audiovisual: do Diferencial da Linguagem ao Roteiro”, entre outros.

O portifólio completo de cursos livres da Estácio pode ser conferido aqui neste link.

Segundo o diretor de Pós-graduação e Novos Negócios da Estácio, Eduardo Senise, fazer os Cursos Livres mostra que aquele profissional busca se diferenciar da concorrência, mantendo-se atualizado e estudando diferentes temas.

Além disso, para aqueles que não têm tempo de estudar no seu dia a dia, logo, esse período de começo de ano pode surgir como uma boa opção. “A Estácio elaborou cursos rápidos, com preços acessíveis, em diversas áreas”, explica.

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.