Boletim da segunda traz 259 casos de Covid-19 e mais 3 óbitos. Asilo confirma morte de idoso de 88 anos

14 de dezembro de 2020
Novos registro da Covid-19 em Maringá

Mais 259 casos de Covid-19 e três óbitos pela doença foram confirmados no boletim da segunda-feira (14/12), divulgado pela Secretaria de Saúde da Prefeitura de Maringá.

Um dos falecimentos é de um idoso de 88 anos. O Asilo Wajunkai, onde o idoso morava, confirmou pelas redes sociais que ele morreu nesta segunda-feira, mas estava hospitalizado há vários dias.

As outras duas mortes também são de homens. No dia 29 de novembro faleceu um homem de 43 anos que não tinha nenhuma outra doença, informou a Secretaria de Saúde. E neste sábado (12/12) faleceu um homem de 69 anos, que tinha outras doenças, mas não foram divulgados os tratamentos que ele fazia.

Mais informações sobre a evolução da Covid-19 em Maringá podem ser obtidas no site oficial da Secretaria de Saúde para a divulgação da doença.

Pelo segundo dia consecutivo, os leitos gerais de UTI da iniciativa privada registram 100% de lotação nesta segunda-feira (14/12).

Dos leitos gerais do SUS, o índice nesta segunda foi de 77,04%, abaixo dos 81,48% de lotação registrados no domingo (13/12).

Para os leitos de UTIs do SUS exclusivos para os casos de Covid-19, a ocupação nesta segunda esta em 70,77%, acima da ocupação de 67,69% registrada no fim de semana.

Asilo confirma morte de idoso

Por meio de uma nota divulgada nas redes sociais, o Asilo Wajunkai confirmou a morte de um idoso de 88 anos nesta segunda-feira (14/12).

O asilo também informou que na quarta-feira (9/12) foi feita a testagem de todos os idosos e colaboradores da instituição.

Três idosos e três colaboradores testaram positivos para a Covid-19. A nota do asilo destaca que os “colaboradores positivados foram imediatamente afastados e os idosos encaminhados para a ala de isolamento em nossa instituição”.

“Os idosos positivados continuam em isolamento e, até o momento, encontram-se bem e sem sintomas.”

A nota informa também que “os demais idosos e funcionários encontram-se bem e sem sintomas e que os cuidados aos nossos idosos permanecem intensificados neste período de pandemia, com monitoramento constante dos sinais vitais, uso de máscaras, álcool em gel e higienização dos ambientes. Um novo teste está previsto para esta semana.”

Devido aos casos positivos, “as visitas continuam suspensas por tempo indeterminado”.