Após 15 dias de obras na pista, Aeroporto de Maringá reabre na quarta-feira

14 de dezembro de 2020

O Aeroporto de Maringá vai ser reaberto na quarta-feira (16/12). Após 15 dias de obras e da reconstrução da pista de pousos e decolagens, o novo pavimento vai ser liberado para receber novamente as aeronaves. O trabalho é parte da 3ª fase da reforma do aeroporto.

A decisão de fechar o Aeroporto de Maringá por um período de 15 dias foi tomada pela direção do aeroporto juntamente com as companhias aéreas que operam na cidade, a 0 Agência Nacional da Aviação Civil (ANAC) e o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA).

“Queríamos não fechar de forma total, e sim parcialmente em determinados horários ou até mesmo em finais de semana. No entanto, a qualidade da PPD tem um ganho significativo se realizada de forma ininterrupta”, explicou o superintendente do Aeroporto, Fernando Rezende.

O projeto prevê obras na pista de pouso e decolagem, que vai ser ampliada de 2.100 metros para 2.380 metros. A ampliação vai tornar a pista de Maringá a maior do Estado.

A obra prevê também a implantação da Taxiway, uma pista paralela para as aeronaves terem condições de taxiar até o terminal, e também a reconstrução do pátio de aeronaves e a ampliação da Seção Contra Incêndio do Corpo de Bombeiros.

A reforma, que tem custo previsto de R$81,5 milhões, foi iniciada em dezembro de 2019.

Para ter mais informações sobre a retomada dos voos a partir da quarta-feira (16/12), os passageiros precisam entrar em contato direto com as companhias aéreas.

Neste site é possível encontrar algumas opções de passagens a partir de quarta-feira, mas o preço praticado em algumas datas até o Natal chega a ser até 10 vezes superior ao cobrado normalmente. Tem passagem para São Paulo por R$ 254 no dia 20 de janeiro e por R$ 2.849 no dia 16 de dezembro.