CAE da Universidade Estadual de Maringá cria grupo para assessorar secretarias municipais de Educação

Por: - 10 de dezembro de 2020
Encontro virtual discutiu algumas das necessidades dos municípios / Divulgação UEM

A Coordenadoria de Apoio à Educação Básica da Universidade Estadual de Maringá (CAE-UEM) acaba de constituir o Grupo Multidisciplinar de Assessoria às Secretarias Municipais de Educação do Estado do Paraná, para prestar atendimento gratuito às demandas das redes de ensino.

Na manhã desta quinta-feira (10/12), cerca de 15 secretários municipais de Educação participaram de reunião on-line com a equipe da CAE, que apresentou a proposta de trabalho que ocorrerá ao longo de 2021, com início previsto para janeiro.

Alessandra Wihby, chefe da CAE-UEM e que coordenará as atividades, conta que a ideia de estruturar um grupo de formação de professores é um projeto que nasceu no fim de 2019 e que “se consolida agora com o intuito de atender as secretarias municipais de Educação não só durante a pandemia, mas de permanecer assessorando os municípios” em questões relativas à educação básica.

“A CAE tem como marca histórica atender os programas das esferas federal e estadual. Agora, temos o propósito de que ela também crie uma política para instituir programas de formação ofertados pela UEM, que tem um quadro amplamente qualificado para a realização dessa ação”.

Na reunião desta quinta foram definidos os próximos passos do grupo multidisciplinar, que são a estipulação da agenda de trabalhos e uma discussão sobre a reorganização das escolas para o início do ano letivo de 2021.

Ao longo do último trimestre, Wihby articulou com os municípios com vistas a fazer diagnóstico de demandas e subsidiar tomadas de decisão. As principais questões que surgiram foram de como avaliar e finalizar este ano letivo, marcado pelo ensino remoto e extremamente atípico, se deveria haver retenção de alunos e como, além de projeções para 2021.

Até o momento, os pré-atendimentos foram individualizados aos municípios. E na segunda-feira (7/12), uma reunião da CAE com os colaboradores da UEM que constituem o grupo definiu o organograma e os eixos de ação: pedagógico (subdividido em educação infantil e ensino fundamental); gestão escolar; educação social, infância e adolescência; saúde mental; tecnologias aplicadas à educação; cultura e educação.

Para que ingressem efetivamente no grupo da CAE, os secretários municipais deverão individualmente assinar um termo de compromisso.

Professores dos cursos de licenciaturas, dos departamentos de Informática (DIN) e Psicologia (DPI) e do Programa Multidisciplinar de Estudo, Pesquisa e Defesa da Criança e Adolescente (PCA) da UEM estão envolvidos no grupo liderado pela CAE.

Também há colaboração da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PEC), do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCH) e da Universidade Estadual do Paraná (Unespar). Os câmpus da UEM participantes são os de Cianorte (PR), Ivaiporã (PR) e Maringá (PR).

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.