Devido a obras, pista do Aeroporto Regional de Maringá ficará interditada por 15 dias em dezembro

Aeroporto Regional

A pista de pouso e decolagem do Aeroporto Regional de Maringá será interditada entre os dias 1º de dezembro e 15 de dezembro. Essa é a 3ª fase da reforma do aeródromo e nesse momento a pista vai passar por obras de reconstrução total do pavimento asfáltico.

As ações de planejamento para a obra e manutenção da segurança estão sendo alinhadas com a participação das companhias aéreas, Agência Nacional da Aviação Civil (ANAC), Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) e demais envolvidos.

“Queríamos não fechar de forma total, e sim parcialmente em determinados horários ou até mesmo em finais de semana. No entanto, a qualidade da PPD terá um ganho significativo se for realizada de forma ininterrupta, pois a pista terá uma continuidade de serviços. A ideia é que as obras sejam realizadas pelo menos durante 20 horas por dia, buscando com isso muita celeridade para que seja cumprido o prazo máximo de 15 dias de fechamento, considerando ainda adversidades temporais”, afirmou o superintendente do Aeroporto, Fernando Rezende.

A reforma, que tem custo previsto de R$81,5 milhões, foi iniciada em dezembro de 2019. O projeto prevê obras na pista de pouso e decolagem, que vai ser ampliada de 2.100 metros para 2.380 metros. A ampliação vai tornar a pista de Maringá a maior do Estado.

A obra prevê também a implantação da Taxiway, uma pista paralela para as aeronaves terem condições de taxiar até o terminal, e também a reconstrução do pátio de aeronaves e a ampliação da Seção Contra Incêndio do Corpo de Bombeiros.

Segundo a Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Maringá, as informações sobre cancelamentos e transferência de voos durante a interdição da pista, de 1 a 15 de dezembro, devem ser obtidas diretamente com cada companhia aérea.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *