Impulsionado por vendas, construção civil é o setor que mais gera empregos em Maringá

Por: - 30 de outubro de 2020
Nos 126 municípios da região de abrangência do Sinduscon/PR/Noroeste, são mais de 15 mil empregos formais / Divulgação MRV

Em Maringá, a construção civil foi responsável pela criação de mais de 10,2 mil empregos com carteira assinada. Isso significa um acréscimo de quase 4% em relação ao número de empregos ofertados pelo setor no fim de 2019.

Nos 126 municípios da região de abrangência do Sinduscon-PR/Noroeste, são mais de 15 mil empregos formais, um acréscimo de 2,1% em relação ao final do ano passado.

Em setembro, a construção abriu 202 novos empregos formais em Maringá. Foram 719 contratações e 517 demissões, segundo dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia.

De janeiro a setembro, foi o segmento que mais abriu vagas de trabalho no acumulado do ano, em meio à pandemia do novo coronavírus.

As contratações são consequência do bom momento que vive o setor, com vendas aquecidas e alta procura. E as construtoras comemoram.

A MRV Engenharia realizou 393 novas contratações no Paraná até setembro. Destas, 69 foram em Maringá. Até o fim do ano, a construtora lançará 4,5 mil unidades em todo o estado.

Só em Maringá, serão três lançamentos nos próximos meses: Residencial Martini, Residencial Monticello e Spazio Montero, que somam 744 novas unidades. Para 2021, há previsão de lançamento de, pelo menos, 3,6 mil unidades no Paraná.

O mercado imobiliário paranaense vinha em uma tendência de crescimento antes da pandemia. Em 2020 alguns fatores impulsionaram a demanda, segundo o gestor executivo de vendas da MRV, Willians Ribeiro.

“Além da taxa de juros ter atingido o patamar mais baixo da história, a pandemia nos fez passar mais tempo em casa para cumprir o distanciamento social, e muita gente sentiu falta do conforto da casa própria, principalmente agora que o lar virou também local de trabalho e estudo para muitos. Em Maringá, o reflexo do aumento do tempo passado em casa é perceptível no aumento da procura por empreendimentos equipados com opções de lazer completas”, destaca.

Para atender à demanda crescente e, ao mesmo tempo, lidar com os desafios do momento atual, a MRV se adaptou rapidamente. “Logo no início da pandemia, além de oferecermos condições especiais de pagamento, colocamos em operação em todo o Brasil uma plataforma de vendas digitais que possibilitou que os clientes pudessem comprar de forma totalmente online. A possibilidade de enviar todos os documentos e fazer a assinatura do contrato online tem sido bem recebida pelos maringaenses. Hoje já temos quase 100% dos contratos assinados de forma digital”, acrescenta Ribeiro.

Alto padrão na construção civil

De junho a agosto, a A.Yoshii realizou 575 contratações, das quais 150 foram em Maringá. O principal incentivo para esse avanço nas contratações foi o fato da construtora ter iniciado as vendas de quatro empreendimentos de alto padrão em Curitiba e Londrina, além de lançamentos previstos em Campinas/SP e Maringá.

Neste ano, a A.Yoshii Engenharia está com dois lançamentos em Maringá: Positano e Landscape, que deve ser lançado no fim do ano. Além disso, a construtora está com outras quatro obras em andamento em Maringá.

Paredes de concreto

A Design lançou o Viva Vida. A primeira etapa, composta por 175 unidades, foi comercializada em apenas três meses. O sucesso fez com que a construtora adiantasse o lançamento da segunda etapa, que foi 100% vendida em menos de seis meses.

“Nesse projeto, visamos dar um novo conceito ao primeiro apartamento. Apesar de grande parte das unidades se encaixar no programa ‘Minha Casa Minha Vida’, devido aos diferenciais como área de lazer completa e ampla, acabamentos superiores e principalmente a localização, aproximadamente metade das unidades foi adquirida por investidores que enxergaram esses diferenciais e acreditaram no potencial de valorização”, reforça o diretor Gustavo Yabiku.

O sistema estrutural do Viva Vida é em paredes de concreto, tecnologia utilizada no mundo inteiro devido à qualidade. “Importamos nossas formas da Coreia do Sul, que nos deu o treinamento adequado, e montamos nossa própria equipe de montagem de formas”, destaca. A construtora adquiriu mais um terreno com uma localização privilegiada e, em breve, terá mais um lançamento semelhante ao Viva Vida.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.