Senac EAD abre 1.545 vagas gratuitas em 11 cursos técnicos. Veja quais são as opções

Por: - 16 de setembro de 2020

Por meio do Programa Senac de Gratuidade, o Senac EAD oferece a oportunidade de pessoas de baixa renda estudarem de graça e se qualificarem para o mercado de trabalho.

No momento, estão abertas, de 15 a 21 de setembro, as inscrições para 11 cursos técnicos de nível médio na modalidade EAD em diversas áreas, para interessados que residam nos estados do Paraná, Alagoas, Goiás, Mato Grosso, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins. As inscrições podem ser feitas no Portal Senac EAD.

É possível escolher entre os cursos técnicos nas áreas de administração, qualidade, logística, meio ambiente, recursos humanos, segurança do trabalho, informática para internet, programação de jogos digitais, secretariado, transações imobiliárias e informática para internet.

Os conteúdos serão disponibilizados em ambiente virtual, e a aprendizagem desenvolve-se de forma autônoma e com horário flexível. A comunicação entre o tutor e os estudantes acontece por meio de chats e fóruns de discussão online.

O preenchimento das vagas dos cursos obedecerá, rigorosamente, aos critérios de classificação até completar a quantidade de vagas disponíveis em cada curso. As datas de início das aulas também variam de acordo com a opção escolhida e devem ser consultadas no site do Senac EAD.

Sobre o Programa Senac de Gratuidade

Resultado de um protocolo firmado entre o Senac e o Governo Federal, ratificado pelo Decreto 6633, de 5 de novembro de 2008, o Programa Senac de Gratuidade (PSG) significa educação profissional de qualidade para que milhares de pessoas possam planejar seus estudos e ter mais oportunidade de trabalho e emprego. O Programa, que já capacitou mais de 20 mil jovens por ano, compreende a oferta de cursos a custo zero para pessoas cuja renda familiar per capita mensal não ultrapasse dois salários mínimos federais.

Como participar

É necessário que o candidato possua idade mínima de 15 a 18 anos a depender do curso selecionado de acordo com o edital. Podem participar do programa também trabalhadores empregados ou desempregados e cuja renda familiar mensal per capita não ultrapasse dois salários mínimos federais.

A baixa renda será comprovada mediante autodeclaração do candidato e a autenticidade da informação fornecida pelo candidato na ficha de inscrição poderá ser verificada por meio de entrevistas, visitas e outros mecanismos considerados viáveis, antes do ato de efetivação da matrícula.

A seleção dos candidatos para os cursos técnicos de nível médio a distância pelo Programa Senac de Gratuidade será realizada considerando os seguintes critérios: seleção por polo; seleção por curso oferecido, conforme disponibilidade de vagas; classificação obtida pela ordem de inscrição no curso escolhido pelo candidato e comprovação do atendimento da documentação exigida para a matrícula.

O que é o Senac EAD?

Com mais de 70 anos de atuação em educação profissional, o Senac foi pioneiro no ensino a distância no Brasil. A primeira experiência nesta modalidade se deu em 1947 com a Universidade do Ar, em parceria com o Sesc, que ministrava cursos por meio do rádio.

A partir de 2013, com o lançamento do portal Senac EAD, a instituição ampliou a sua atuação em todo o país. Hoje, oferece um amplo portfólio de cursos livres, técnicos, de graduação, pós-graduação e extensão a distância, atendendo todo o Brasil e apoiados por mais de 350 polos presenciais para avaliações.

Acesse a programação completa de cursos do Senac EAD, disponível nesse link. Há também uma programação diversificada de cursos presenciais que pode ser conferida aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.