Morre o ex-vereador Paulo Mantovani, o Homem da Moringa. Corpo vai ser velado na Câmara, nesta terça-feira

Por: - 14 de setembro de 2020
O ex-vereador em foto recente, em meio à pandemia do coronavírus / Angelo Rigon

A Câmara de Maringá, por meio do presidente Mário Hossokawa (PP), lamentou e comunicou na tarde desta segunda-feira (14/9) o falecimento do ex-vereador e comunicador Paulo Mantovani, pai do vereador Flávio Mantovani (Cidadania), que cumpre mandato até o fim de 2020.

Paulo Mantovani, 72 anos, estava internado no Hospital Bom Samaritano para a retirada de um possível tumor no pulmão, mas não resistiu às complicações de uma cirurgia e veio a falecer nesta segunda-feira (14/9).

Com o programa televisivo “Prosa Sertaneja”, Paulo Mantovani ficou mais conhecido como o “Homem da Moringa”, que o garantiu sucesso em toda a região.

Comunicativo e sempre a par dos principais assuntos relacionados à política em Maringá, participou de quatro legislaturas na Câmara como vereador, na 8ª Legislatura (1983 a 1988), 9ª Legislatura (1989 a 2002), 11ª Legislatura (1997 a 2000) e 12ª Legislatura (2001 a 2004). Ele chegou a ser vice-presidente da Câmara de Maringá entre 1985 e 1987.

Durante esses quatro mandatos, Hossokawa dividiu o plenário com ele. “Tive a oportunidade de atuar em diversas causas e projetos ao lado do Paulo Mantovani aqui na Câmara, desde a década de 1980. Foi um homem preocupado com o desenvolvimento da nossa cidade e também com o bem-estar da população”, lamentou o presidente da Câmara.

O corpo de Paulo Mantovani vai ser velado a partir das 10 horas desta terça-feira (15/9), no plenário da Câmara Municipal. A sessão ordinária desta terça-feira foi cancelada e foi decretado ponto facultativo na Casa de Leis. Paulo Mantovani deixa dois filhos.

Paulo Mantovani foi o primeiro chefe da Guarda Municipal de Maringá. Ele ajudou a organizar e consolidar a corporação.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.