Como se comportar em uma entrevista de emprego?

Por: - 26 de agosto de 2020
Dicas ajudam a se dar bem em uma entrevista de emprego / Pixabay

Para muitos profissionais dando os primeiros passos no mercado de trabalho, a entrevista de emprego pode até ser encarada como um rito de passagem, um instante capaz de decidir o futuro.

Há também casos de profissionais mais experientes, que já estão no mercado e por algum motivo (necessidade ou vontade) querem explorar outras áreas. Em tais situações, pode ser preciso passar por uma entrevista.

O fato é que com ou sem experiência, a entrevista de emprego é um detalhe muito importante, capaz de ser a chave para abrir novas portas na vida profissional.

Nesse artigo você vai ficar por dentro de vários procedimentos para se comportar adequadamente em uma entrevista. Vamos ver mais sobre o assunto então?

Os principais pontos que merecem atenção em uma entrevista de emprego

Não é errado ficar nervoso diante de um momento tão importante quanto uma entrevista de emprego. O errado é deixar que o nervosismo atrapalhe a sua performance.

Para evitar que o nervosismo prejudique a sua entrevista você deve estar preparado. Não há mistério!

Chegar em uma entrevista sem o conhecimento prévio da empresa ou sem ter uma noção das perguntas que serão formuladas contribui para a gagueira, tremedeira e outros vários indícios de que você está desconfortável.

As suas reações, o seu modo de falar, o seu gestual, todos esses elementos comportamentais serão observados pelo entrevistador. Por causa disso, é importante ficar atento a eles. Uma dica básica é treinar a sua postura e a fala diante do espelho.

Para garantir uma entrevista segura, em que você se comporta demonstrando confiança, é válido seguir as dicas que separamos a seguir.

Preste atenção em seu currículo

Para subir no topo mais elevado da sua carreira profissional, o seu currículo é a sua ferramenta inicial. Por essa razão, é importante partir para uma entrevista com o seu currículo devidamente estudado.

Desse modo, você estará apto a responder algumas das indagações básicas feitas pelo recrutador, como, por exemplo, os seus projetos realizados, experiências, as suas habilidades e características pessoais.

Utilize o método STAR

Um aspecto importante na hora de se comportar em uma entrevista de emprego é ter argumentos coerentes e organizados. Isso evita que você se atrapalhe e demonstre insegurança.

Um dos meios mais eficientes para conseguir isso é poder contar com o método STAR, que facilita a você estruturar melhor os seus argumentos. 

STAR, na verdade, são as iniciais para Situação, Tarefa, Ação e Resultado. Ou seja, na hora de apontar as suas qualidades para os recrutadores, você organiza os seus argumentos mencionando a situação envolvida.

Em seguida, mencione qual foi a tarefa realizada, como foi a solução para o problema e qual foi o resultado. Essa organização facilita que você ordene os fatos, falando apenas o que é essencial.

Dê atenção para os seus gestos

A comunicação não fica limitada às palavras. Os gestos com as mãos, a postura ao sentar, o modo de olhar, tudo isso também consiste em uma forma de se expressar. 

Quando o assunto envolve gestos, o menos é mais. Na hora de falar, não há a necessidade de parecer um “boneco de posto de gasolina movimentando os braços”. Gesticule com moderação!

Além disso, não precisa se manter estático na cadeira, como um robô, nem mesmo se sentar muito à vontade, quase como se estivesse na poltrona da sua sala. O ideal é se sentar com a coluna ereta, mover moderadamente os braços e falar com tranquilidade.

Outra dica super válida é: antes de enfrentar uma entrevista, efetue exercícios de respiração. Isso ajuda a relaxar.

Escolha uma roupa adequada

É muito importante dar atenção para a roupa que você vai usar na hora da entrevista. A indumentária também comunica. Por isso, é bom conhecer de forma bem antecipada as características da empresa. 

Algumas agências de publicidade, design e demais áreas relacionadas à tecnologias e criatividade, são um ambiente bem diferente de um escritório de direito, por exemplo.

O traje depende muito da área de negócio, do público-alvo, da gestão. Se você quer uma vaga em uma empresa em que todos usam calça jeans e se vestem de modo mais casual, não há mal nenhum em ir para a entrevista de calça jeans. 

No caso das mulheres, a questão da maquiagem também é importante. Nesse caso, é pertinente priorizar o equilíbrio e a discrição, nada de maquiagem pesada.

Imagem ilustrativa / Pixabay

Você está preparado para as perguntas?

Se cuidar dos gestos, da vestimenta e do modo de falar é fundamental para ser bem sucedido na entrevista de emprego, ficar preparado para as perguntas é outro ponto que deve ser bem analisado.

Não é necessário ter uma bola de cristal para saber o que o recrutador vai perguntar. Normalmente os questionamentos para quem busca emprego são mais tradicionais, do tipo “quais são as suas qualidades e defeitos?” ou “por que você quer trabalhar conosco?”.

Para você se sair bem de qualquer tipo de pergunta, aqui vão algumas dicas para evitar surpresas.

Quais são os seus pontos fortes e fracos?

Aqui entra uma boa dose de autoconhecimento, que é algo que os recrutadores valorizam bastante. O ideal é não mentir! Por isso, na hora de mencionar os seus pontos fracos, reforce aqueles que você pode melhorar. 

Um exemplo disso pode ser que você tenha dificuldades de falar em público. Nesse caso, explique que você está treinando para mudar isso.

Por que você quer trabalhar conosco?

Para isso você pode optar por mencionar detalhes específicos. Por exemplo, se é uma agência de publicidade, você poderá salientar que entende de atendimento e tem facilidade para atuar nessa área. 

Como você se comporta diante de situações estressantes?

Essa pergunta é uma boa oportunidade para você utilizar o método STAR, em que você narra uma situação, uma tarefa, a solução e os resultados que você obteve. 

Onde você pretende estar daqui a seis anos?

Os recrutadores adoram essa pergunta. Por meio delas, eles conseguem fisgar algumas informações relevantes, como, por exemplo, saber se você possui um plano de carreira e se os seus projetos se alinham com o perfil da empresa.

Para não ser pego de surpresa, conheça ao máximo a empresa antes da entrevista. Além disso, você pode responder que pretende estar em uma posição que permita contribuir para o crescimento da organização.

Você tem uma pergunta?

Se o recrutador terminar a entrevista com essa indagação, aproveite a chance para demonstrar interesse na empresa. Nesse caso, você pode perguntar sobre os planos futuros da organização, a respeito de algum lançamento de produto ou algum outro projeto.

Imagem ilustrativa / Pixabay

A entrevista de emprego é um momento importante

Não importa se você está dando os passos iniciais no mercado de trabalho, ou já tem experiência, o fato é que a entrevista de emprego pode fazer a diferença para conseguir ou não a vaga.

Além da qualificação para o trabalho a ser realizado, saber como se comportar em uma entrevista já ajuda o recrutador a analisar como você age diante de determinadas situações. 

Por tudo isso, é fundamental que você esteja preparado, conhecendo muito bem a empresa e as possíveis perguntas a serem feitas. 

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.