Câmera flagra cliente colocando cabelo em cachorro-quente para não pagar na região de Maringá

Por: - 14 de agosto de 2020
Situação intrigou o dono da banca de lanches que é careca e usa proteção na cabeça / Reprodução

A câmera de segurança de um carrinho de lanches em Mandaguaçu, a 21 km de Maringá, flagrou o momento em que uma cliente arranca o próprio cabelo e coloca no cachorro-quente que tinha comprado. As imagens mostram que a cliente reclama para o dono da banca de lanches e pede um segundo cachorro-quente.  

A situação foi registrada na terça-feira (11/8) e surpreendeu o proprietário do carrinho de lanches, Jeferson de Lima. Ele é careca e trabalha com proteção na cabeça. Segundo Lima, a cliente tinha comido quase todo o lanche quando foi reclamar do fio de cabelo. Ela só pagou pelo segundo lanche, um cachorro-quente simples de R$ 11.  

As imagens viralizaram nas redes sociais e o caso ganhou repercussão nacional. O empresário, que tem o carrinho de lanches há um ano em Mandaguaçu, disse que conhece a cliente. Em entrevista à RPC-TV, ele mandou recado pedindo que a cliente voltasse para pagar o lanche. 

Para o Maringá Post, o proprietário da banca de lanches contou, nesta sexta-feira (14/8), que a cliente não retornou. “Acho que nem vai vir”, disse ele. 

Jeferson de Lima contou que postou as imagens da câmara de segurança nas redes sociais com receio de que o caso pudesse prejudicar o carrinho de lanches, mas a situação mudou. “O lanche ficou ainda mais conhecido, foi uma propaganda reversa. Postamos com a intenção de não prejudicar o lanche e, pelo contrário, acabou ajudando.”

Veja o vídeo, divulgado pelo Metrópoles, do momento em que a cliente coloca o próprio cabelo no lanche e pede outro cachorro-quente:

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.