PRF apreende no Contorno Norte de Maringá mais de R$ 80 mil em celulares contrabandeados

Por: - 14 de julho de 2020
Todos os celulares foram apreendidos pela Receita Federal
Os aparelhos celulares foram encontrados no porta-malas do veículo e estão avaliados em mais de R$ 80 mil / Foto: Divulgação

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) abordaram um casal que trafegava em veículo no Contorno Norte de Maringá. Dentro do carro, um Vectra, com placas de Londrina, foram encontrados 95 celulares. Os aparelhos foram avaliados em mais de R$ 80 mil e o casal não tinha nenhuma liberação da alfândega brasileira.

Os telefones celulares apreendidos foram encontrados no porta-malas durante abordagem rotineira de fiscalização. Os policias disseram que pararam o veículo após notarem manobras suspeitas do condutor.

O homem de 28 anos que dirigia o veículo, e a esposa, de 26, moram em Rolândia (59 km de Maringá), região norte do Estado. Questionado pelos policias sobre a origem da carga, o condutor disse que não era o dono dos aparelhos e que pegou o carregamento na região de Guaíra (275 km de Maringá).

Segundo o homem, a ideia era levar a mercadoria até Londrina, onde, pelo transporte, ele receberia uma quantia em dinheiro. O valor não foi divulgado pela PRF.

As mercadorias foram apreendidas e encaminhadas à Receita Federal de Maringá. Por não apresentarem regularidade fiscal, os aparelhos foram analisados por autoridades fazendárias, que taxaram possíveis valores de impotos sonegados.

Os ocupantes e o veículo foram liberados após eles prestarem esclarecimentos. Além de perderem a carga, informações fiscais das mercadorias foram repassadas à Polícia Federql para responsabilizar os condutores criminalmente.

O crime de descaminho, que consiste na falta de pagamento do tributo de mercadoria, ofendendo a ordem tributária, tem pena que pode chegar a 4 anos de reclusão.

UEM recebe doação de aparelhos apreendidos. Receita Federal foi a responsável pelo repasse

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) recebeu da Receita Federal (RF) 450 smartphones apreendidos em outra operações de combate ao contrabando. Os aparelhos, com 64 giga bytes de memória, serão incorporados ao Projeto de Inclusão Digital da UEM.

Com a hipótese de liberar as aulas remotas nos cursos de graduação, após deliberação do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEP), os celulares serão disponibilizados para alunos carentes no intuito de contribuir para a formação acadêmica. A análise do assunto se baseia no relatório final do Grupo de Trabalho instituído pela Portaria 186/2020-GRE.

Para saber mais sobre o uso dos celulares e o ensino remeto da UEM, basta acessar esta outra matéria do Maringá Post. É só clicar aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.