Maringá confirma mais 52 casos da Covid-19 no feriado de Corpus Christi. Agência bancária é isolada na Avenida Brasil

Por: - 11 de junho de 2020

Nesta quinta-feira (11/6), feriado de Corpus Christi, o boletim diário do novo coronavírus divulgado pela Prefeitura de Maringá traz a confirmação de mais 52 casos da Covid-19.

O índice de positividade, segundo o boletim, chegou a 34%, o que mostra que, de cada três pessoas testadas, uma teve a doença confirmada.

O boletim também traz informações sobre a taxa de ocupação de UTIs na cidade. No geral, a ocupação dos leitos adultos chegou a 69,2%. Para os leitos exclusivos da Covid-19, a taxa é de 31,1%.

Segundo a Secretaria de Saúde, o crescimento nos números desde a semana anterior colocam a cidade em situação de alerta.

Para reduzir o contágio no final de semana prolongado, o prefeito Ulisses Maia baixou um novo decreto que restringe o funcionamento de várias atividades a partir desta sexta-feira (12/6). O bloqueio aos serviços da contrução civil, consultas médicas e odontológicas, além de serviços em salões de beleza, recebeu muitas críticas.

O decreto com as restrições foi divulgado somente no final da tarde de quarta-feira (10/6), o que impediu um planejamento dos profissionais para a paralisação das atividades. Consultas e atendimentos são agendados com antecedência. O planejamento para a compra de materiais também é fundamental para os serviços da construção civil.

A contaminação de uma funcionária de uma agência do Itaú, na Avenida Brasil, também ganhou destaque no feriado. O atendimento no local foi suspenso e os outros funcionários do banco vão ser submetidos a exames. A orientação do Itaú é que os clientes usem o atendimento eletrônico ou busquem outras agências do banco.

A agência onde foi detectado o caso da Covid-19 vai ficar fechada por duas semanas e vai passar por um serviço de descontaminação.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.